sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Deputado João Leão (PP) estaria dando as costas para Santo Antonio de Jesus?

"FARINHA POUCA, MEU PIRÃO PRIMEIRO"
 Por ANTONIO MASCARENHAS
O Deputado Federal João Leão (PP), pelo que  que se propala nos meios de comunicações, está prestes a passar a comandar a Casa Civil do município de Salvador, a convite do Prefeito João Henrique. Informações dão conta de que ele e o chefe do executivo municipal deverão se reunir na tarde desta sexta-feira, oportunidade em que deverão tratar de assuntos inerentes à pasta. O parlamentar foi um dos poucos que conseguiram canalizar recursos para Santo Antonio de Jesus na fase pré-eleitoral, tendo obtido, em contrapartida, uma votação condizente. 
A grande questão é: como ficarão os municípios que hipotecaram apoio ao eminente deputado, a exemplo de Santo Antonio de Jesus, diante de sua intenção de deixar  o legislativo federal para assumir uma pasta na Prefeitura da Capital.  É oportuno frisar que essa postura de João Leão tem, infelizmente, precedentes. Outros parlamentares já fizeram o mesmo e por certo muitos o farão em razão da colcha de retalhos  que caracteriza nossa legislaçãol. Diante dessa situação fica no ar  o seguinte questionamento:  estaria João Leão pensando, apenas, nos  seus botões, diante do aceite de uma pasta que poderia ter como pano de fundo uma  eventual candidatura a Prefeito de Salvador em 2012? Se for essa, realmente, a intenção, onde ficarão os compromissos assumidos para com tantos municípios, a exemplo de S.A. de Jesus,  que depositaram, nele, tantos anseios no que concerne à  apresentação de projetos que propiciassem a canalização de recursos? Fatos como esse demonstram, de forma insofismável, como nossa legislação eleitoral é falha. Os interesses  da população, infelizmente,  quase sempre são preteridos, por determinados políticos,  pelos de caráter individual. É lamentável, todavia, não deixa de ser um aprendizado.

2 comentários:

  1. Se existir veracidade na notícia de última mão a respeito o Deputado João Leão, todos os municípios baianos que o apoiaram acreditando na sua postura forte e decisiva junto ao governo federal pra defender interesses dos mesmos, se sentirão traídos. Isso retrata o histórico beijo na face que se converteu em seguida no amárguo ato da traíção. Espero que não seja verdade! Carlos Reis.

    ResponderExcluir
  2. apaichao de joao leao pela praça padre mateus ja pasou agora e acasa civil de salvado e sua nova investida coitados dos que o apoiaram

    ResponderExcluir