domingo, 25 de abril de 2010

VARZEDENSE 2 X 1 BOTAFOGO: Enquanto a equipe da terra de Radaman deslancha no campeonato, o Botafogo, apesar de 4 derrotas, alimenta classificação com Zero ponto e saldo de gols negativo.


Por ANTONIO MASCARENHAS
Teve prosseguimento na tarde desse domingo, 25, no Estádio José Trindade Lôbo, o campeonato santantoniense de futebol com a realização da penúltima partida válida pela primeira fase da competição: VARZEDENSE 2 X 1 BOTAFOGO. Um público razoável compareceu para acompanhar a equipe de melhor desempenho nessa competição, o VARZEDENSE, e ao BOTAFOGO que ainda sonha com classificação, em que pese ter amargado a 4ª. derrota consecutiva. Por mais paradoxal que pareça, a equipe alvinegra poderá classificar-se à segunda fase, mesmo sem ter ganho nenhum ponto e com saldo de gols negativo.
No momento em que as duas equipes adentraram ao gramado, ambas alimentavam uma única intenção, a vitória, todavia, dois objetivos distintos.  De um lado o Varzedense queria mostrar à torcida que mesmo desfalcado de alguns de seus principais valores (Peu, Thiri, Zé Carijé, entre outros) poderia conseguir mais uma vitória (como o fez). Por sua vez, o BOTAFOGO tinha a intenção de provar à torcida que uma das equipes da Chave A poderia, sim, conseguir uma única vitória que fosse sobre as que compõem a Chave B.

A equipe do Botafogo até que tentou materializar seu desejo. Demonstrou mais garra e conseguiu, num todo, a supremacia durante os dois tempos de jogo, todavia, mais uma vez, não teve como escapar da derrota. A equipe do Varzedense abriu o placar através de Adonai, 7, após uma rápida penetração na área adversária. Com desvantagem no marcador, o BOTAFOGO foi para frente, conseguindo o empate através de Renildo, 9, colocando a bola no canto do canto da trave, sem chances para o guarda-meta da equipe  de Varzedo.

Em que pese o volume de jogo do BOTAFOGO, foi o VARZEDENSE que, numa penetração na área, o jogador PITICA, 17, estufou a rede do goleiro  Rich, num lance em que o bandeirinha havia erguido a bandeira anunciando impedimento da jogada. O árbitro, por sua vez, validou o gol varzedense para desespero e muita reclamação por parte do técnico Tuquinha e toda  equipe auvinegra.  ADONAI(na foto ao lado, acompanhado de Nego Dá) dispara na artilharia com 7 gols e o VARZEDENSE tem a melhor performance  entre as equipes que participam do atual certame.   EQUIPES:

VARZEDENSE: NETINHO (1-goleiro); ELIAS (2-lateral direito); SORRISO (3-central); THURRAN (4-quarto zagueiro); HEIGR (5-meia de contenção); BINBINHO (16-lateral esquerdo); ADONAI (7-ponta direita); NEGO DÁ (8-meia direita); AGUSTO (9-centro-avante); NAU (10-meia esquerda); CAFU (11-ponta esquerda). RESERVAS: Ricardo, 13; Deo, 14; Vando, 15; Pitica, 17; Neto, 15; Júnior, 20. (na foto acima, à direita, companhado de Nego Dá)TÉCNICO: Pelé.

BOTAFOGO: RICH (1-goleiro); VAMPETA (2-lateral direito); TATÁ (3-central); REDA (quarto zagueiro); IOI (5-meia de contenção); DAVI (6-lateral esquerdo); NETO LEÃO (7-ponta direita); PEPEU (8-meia direita); REINALDO (9-centro avante); TÔCO (10-meia esquerda); NENGO (11-ponta esquerda). RESERVAS: Zé Goleiro, 12; Railton, 16; Urlan, 17; Edvan, 18; Laércio, 15; Jackson, 13. TÉCNICO: Tuquinha.

A arbitragem constituída teria completado o jogo com mais uma bela atuação, não fossem as reclamações por parte do técnico e jogadores do BOTAFOGO ao reclamarem o lance que acabou se transformando em gol por parte da equipe do VARZEDENSE. Argumentaram de que auxiliar de linha já havia levantado o bastão quando o juiz apontava a bola para o meio de campo. Fotos: MASCARENHAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário