PÁGINAS

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Homem diz que ficou ‘de cara’ com lobisomem em Barrocas

Um caso misterioso deixou moradores de Barrocas, no nordeste do estado, de cabelo em pé. Vilson Mota, 46 anos, morador de Nova Brasília, na zona rural do município, afirma ter visto um lobisomen, isto mesmo, uma espécie de monstro mítico que mistura formas de homem e de lobo. A aparição da criatura, segundo o homem, não foi percebida uma vez só. O homem jura que já topou com a fera pela segunda vez. Diz a lenda que quando uma mulher tem sete filhas e, depois, logo em seguida dar a luz um homem, o último filho pode virar lobisomem. Segundo relato de Mota, nesta quinta-feira (8), por volta das 19 horas, ele caminhava sozinho em uma estrada vicinal entre os povoados de Piaba e Estaleiro quando de repente avistou algo estranho. Primeiro, imaginou que era um cachorro, mas ao se aproximar viu que se tratava de uma criatura escura, peluda e com garras. Vilson contou que ficou a apenas três metros de distância da fera. Assustado, “se picou” correndo em direção a uma residência e gritou por socorro; “eu saí correndo, gritando me socorre (sic) aqui na estrada, tem um bicho na estrada e é um lobisomem”, disse ao site jornal A Nossa Voz. Ainda segundo o site, o homem que acudiu Vilson saiu com ele para esclarecer o fato, mas disse não ter encontrado nenhum vestígio da criatura. Uma professora da cidade, a aposentada Nilza, 60 anos, se diz cética sobre o a existência do bicho e afirma que não acredita em boatos de lobisomem: “Não existe lobisomem, existe o folclore, as histórias, isso acontece quando tem mulher casada traindo o marido, ou, mulher que se diz moça e o homem cria a história pra amedrontar as pessoas em sair à noite”, disse a mulher em risos.Foto Jornal A Nossa Voz.Bahia Noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário