PÁGINAS

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Andressa Urach respira sem ajuda de aparelhos, diz boletim

Modelo está despertando e respirando espontaneamente segundo comunicado do Hospital Nossa Senhora da Conceição desta quarta, 3.aiu nesta quarta-feira, 03, um novo boletim sobre o estado de saúde de Andressa Urach, internada há 5 dias na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre. O comunicado informa que o estado de saúde da modelo ainda é grave, com melhora evolutiva em relação a ontem. Está despertando e respirando espontaneamente, sem auxílio de aparelhos. O novo boletim assinado pelos médicos responsáveis pelo tratamento de Urach, Henrique Saltz Netto e Willian Victor Lissa Salprá, diz ainda que não há previsão de alta da UTI e que, até esta tarde, não há procedimento cirúrgico planejado.Confira o boletim na íntegra:
"A paciente Andressa de Faveri Urach encontra-se internada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Nossa Senhora da Conceição desde a madrugada de 01/12/2014. Seu estado de saúde ainda é GRAVE, com melhora evolutiva em relação a ontem. Está despertando e respirando espontaneamente, sem auxílio de aparelhos. Não há procedimento cirúrgico planejado para hoje, até o presente momento. A despeito da melhora clínica observada, ainda não existe previsão de alta da UTI."Pai: "Se Deus quiser, a pego com vida"

O pai da modelo, Carlos Alberto Krejci Urach, é caminhoneiro aposentado e mora em Bossoroca, no interior gaúcho, a cerca de oito horas da capital. Ele diz que está acompanhando a internação da filha por um amigo que trabalha no hospital, mas irá visitá-la nesta sexta, 5, conforme conversa com o EGO. "No momento estou aguardando em Bossoroca porque o estado de saúde dela é muito grave e um médico de lá, que é meu amigo, está me passando as informações sempre. Vou sexta à tarde, no mais tardar, e, se Deus quiser, eu a pego bem e com vida. Já queria ter ido, mas fiquei com medo de não conseguir entrar na UTI por causa da mãe dela. Aí perguntei para o meu amigo se poderia ir mesmo que não estivesse autorizado na recepção e ele disse que sim, já que sou pai e posso provar através dos documentos. Vou sozinho para evitar tumulto. Só vai ter se me barrarem", declara Carlos, mais conhecido pelo apelido Nei, que está ansioso para saber mais detalhes da recuperação da filha: "Só sei que ela ainda corre um risco muito grande. Estou me agarrando muito em Deus, indo à igreja."
Entenda o caso
A causa do problema de saúde foi uma aplicação de hidrogel feita há cinco anos nas coxas. Em julho deste ano, Andressa teve problemas e se submeteu a um procedimento para retirar o produto. Na sexta-feira, 28, ela voltou a ser operada para retirar resquícios do hidrogel, sendo liberada pelos médicos no Andressa foi levada para a UTI e, segundo seu assessor, Cacau Oliver, acabou desenvolvendo uma infecção e passou por uma nova cirurgia na noite deste domingo, 30. A previsão inicial é que ela fique internada por 15 dias no local.

"A Andressa passou muito mal após a primeira cirurgia. Ela foi levada ao hospital e eles disseram que o dreno fechou e o hidrogel causou uma infecção. Andressa passou por uma nova cirurgia à noite, e está na UTI", informou a assessoria de Urach. Ela foi operada novamente na segunda-feira, 1º.Ferroadas no músculo

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ao chegar à unidade, Andressa Urach apresentava um quadro infeccioso bastante grave, estava com pressão arterial baixa e foi levada diretamente para a UTI, onde permanece internada e sedada.

Há cinco meses, quando teve a primeira infecção por causa do hidrogel, após sua primeira cirurgia para a drenagem do produto, Andressa foi internada em um hospital paulista com muita febre e chegou a ter que sair do local de cadeira de rodas.

Na época, Andressa conversou com o EGO sobre o assunto: "Há um mês, comecei a sentir ferroadas no músculo por causa do produto. E como treino muito pesado acabei sentindo muitas dores nas pernas. Não pude mais treinar. Daí, optei em fazer uma lipoaspiração nas coxas para retirar o produto".

Há aproximadamente quatro meses, Andressa deu uma pausa dos exercícios físicos. "Ela reclamava de muitas dores, sabia que o líquido estava escorrendo internamente e já nem queria usar minissaia ou short", conta uma amiga que prefere não ter seu nome divulgado.

Na noite desta segunda, Marisete, mãe de Andressa Urach, pediu que os amigos façam uma corrente positiva para a modelo. "Orem por ela, por favor!". Ao EGO, nesta terça, 2, ela contou que a modelo chegou a abrir os olhos ao receber sua visita e que estava bem melhor.Ego

Nenhum comentário:

Postar um comentário