PÁGINAS

sábado, 22 de novembro de 2014

S.A.JESUS: Ilhadas, diante de precipitações chuvosas, famílias da Rua do Curral pedem providências por parte da prefeitura

Por ANTONIO MASCARENHAS
Apesar da pouca intensidade das chuvas que se precipitaram na manhã dese sábado, 22, em Santo Antonio de Jesus, o volume de águas do canal, não apenas transbordou, em sua parte final. Mais que isso, mais uma vez, acabou invadindo algumas das residências situadas às suas margens. 
E o mais grave é que a água da chuva, ao misturar-se com os dejetos sanitários canalizados pelo referido canal traz sérios problemas de saúde aos moradores. A situação é bastante grave, requerendo, de forma tempestiva, providências por parte do poder público municipal, com intervenções conjuntas das Secretarias de Infraestrutura e Saúde, bem como da Defesa Civil. 
Faz-se necessária, de forma imediata, a desobstrução do canal, na maior parte do seu trajeto, com a retirada de ervas daninhas que acabam prejudicando o escoamento e, em seguida, a construção do trecho final desse instrumento de canalização de dejetos. 
Não podemos creditar o problema à atual administração. Trata-se de um problema antigo, todavia, até hoje não solucionado. É imperativo que os vereadores possam se interessar pela questão, inferindo junto ao prefeito Humberto Leite para que providências sejam tomadas. 
-Depois da eleição não apareceu nenhum vereador aqui. O representante da defesa civil também esteve aqui. Mas, providências, nenhuma.  Não aguentamos mais com essa situação, desabafou um dos moradores. 
Américo de Farias, Antonio e Anderson Santos afirmam que, diariamente, têm que conviver com a invasão de ratos, forte odor e, quando da ocorrência de chuvas, com água invadindo as residências, deixando as pessoas literalmente ilhadas. 
Além da questão do canal, moradores pleiteiam pavimentação da Rua H, no Loteamento Recanto dos Prazeres, conhecida popularmente como "Rua do Curral", sediada entre a Rua do Cajueiro, e Rua do Contorno.Temos certeza de que, o prefeito Humberto Leite , ao tomar conhecimento dessa situação, adotará providências. Por outro lado, é imperativo que a maioria dos vereadores  não se preocupe, apenas, com a  questão da eleição da presidência da egrégia casa. Faz-se necessário  que  deem atenção ao que vem ocorrendo nas comunidades rurais e bairros periféricos. Afinal, o povo não perdoa visitas apenas na época das eleições. TVSAJ CIDADANIAFotos Antonio Mascarenhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário