PÁGINAS

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Com dois gols de Neymar, Brasil goleia a Turquia em amistoso

Mesmo diante da torcida adversária, a seleção brasileira conseguiu uma vitória tranquila sobre a Turquia por 4 a 0, em amistoso realizado nesta quarta-feira, no Estádio Sükrü Saracoglu, em Istambul. Assim, o Brasil manteve o aproveitamento perfeito sob o comando do técnico Dunga, agora com cinco vitórias em cinco jogos.

Desde que Dunga assumiu o cargo, logo depois da Copa, o Brasil venceu Colômbia, Equador, Argentina, Japão e agora Turquia. Somou 12 gols marcados e nenhum sofrido. Para manter o aproveitamento 100%, a seleção volta a campo na terça-feira, diante da Áustria, em Viena, quando disputa seu último amistoso no ano.
Diante da Turquia, Dunga não convocou nenhum jogador que atua no Brasil, para não atrapalhar os clubes na reta final de temporada. Assim, foi obrigado a fazer algumas mudanças na equipe, pois ficou sem nomes como o goleiro Jefferson, o volante Elias e o atacante Diego Tardelli, que vinham sendo titulares.

Foi a chance, portanto, para jogadores como o goleiro Diego Alves, o volante Fernandinho e o atacante Luiz Adriano, escalados como titulares. Outra aposta de Dunga foi na manutenção de Miranda com companheiro de David Luiz na zaga, deixando Thiago Silva, antigo capitão da seleção, no banco de reservas.

Mesmo sem contar com força máxima, o Brasil não teve trabalho para vencer. Contra um adversário que vem fazendo péssima campanha nas Eliminatórias da Eurocopa de 2016, a seleção brasileira manteve uma invencibilidade histórica: nunca perdeu para a Turquia, somando agora quatro vitórias e dois empates no confronto.

O JOGO - Talvez pensando em esfriar a sempre fanática torcida turca, que lotou o estádio, o Brasil começou em ritmo lento. A primeira boa chance veio apenas aos 16 minutos, numa falha do time da casa. Altintop recuou errado, mas Neymar vacilou ao tentar driblar o goleiro Demirel e não conseguiu chutar para o gol.

O primeiro gol brasileiro saiu logo depois disso. Aos 19 minutos, Neymar recebeu um lindo lançamento de Fernandinho e ficou sozinho diante do goleiro, tocando com tranquilidade no canto. Aos 23, nova falha da zaga turca. Dessa vez, Danilo cruzou para Luiz Adriano e Kaya marcou gol contra ao tentar desviar a bola.

Com a vantagem brasileira de 2 a 0 no placar, a seleção turca finalmente acordou. Assim, passou a pressionar, criando duas boas chances para marcar. Aos 29 minutos, teve um chute colocado de Arda Turan que Diego Alves se esticou para defender. E aos 32, o cabeceio de Erdinç passou raspando na trave.

Apostando no contra-ataque, o Brasil também criou suas chances. Aos 40 minutos, por exemplo, Willian bateu cruzado e Neymar, livre diante do gol, não conseguiu alcançar a bola ao dar o carrinho. E aos 43, os dois voltaram a protagonizar a jogada: Neymar rolou para Willian tocar com classe para fazer 3 a 0.

Após deixar o campo no intervalo sob vaias de sua torcida, a seleção turca voltou para o segundo tempo com quatro alterações. E nem assim conseguiu equilibrar o jogo. Logo aos oito minutos, o Brasil quase ampliou com David Luiz, mas o goleiro Babacan, que tinha substituído Demirel, fez milagre para defender.

O quarto gol parecia ser uma questão de tempo. E acabou saindo aos 14 minutos, novamente com Neymar. Ele tabelou com Willian e invadiu a área pelo lado esquerdo, tocando com categoria na saída do goleiro. Artilheiro da partida, o craque brasileiro teve seu nome gritado em coro pela torcida turca no estádio.

Dunga, então, aproveitou para fazer mudanças no time. Promoveu as estreias de Roberto Firmino, Fred e Douglas Costa com a camisa da seleção, além de dar oportunidade para Casemiro e Philippe Coutinho. E, diante de uma Turquia já batida, o Brasil tratou de administrar a vantagem, para comemorar nova vitória.

FICHA TÉCNICA:

TURQUIA 0 X 4 BRASIL

TURQUIA - Demirel (Babacan); Kaya, Irtegün e Köybasi; Tufan, Kisa (Erkin), Altintop (Inan), Arda Turan e Topal (Tarik); Erdinç (Sen) e Bulut (Potuk). Técnico: Fatih Terim.

BRASIL - Diego Alves; Danilo, David Luiz, Miranda e Filipe Luís; Luis Gustavo (Fred), Fernandinho (Casemiro), Oscar (Philippe Coutinho) e Willian (Douglas Costa); Luiz Adriano (Roberto Firmino) e Neymar. Técnico: Dunga.

GOLS - Neymar, aos 19, Kaya (contra), aos 23, e Willian, aos 43 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 14 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ravshan Irmatov (Usbequistão).

CARTÃO AMARELO - Erkin.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Sükrü Saracoglu, em Istambul (Turquia).Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário