PÁGINAS

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Cria de Cairú, Hildécio Meireles pretende cumprir mandato voltado para região de Valença

O deputado estadual eleito Hildécio Meireles (PMDB) foi o primeiro parlamentar da região do baixo sul baiano eleito para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), com 48.143 votos. Ex-prefeito de Cairú, o parlamentar vem de uma família politicamente forte da região. “Vem de família. Meu avô foi prefeito de Cairú três vezes, assim como eu”, afirma Hildécio, servidor público por profissão, que confessa que utilizou de sua influência para angariar os votos que o catapultaram para a AL-BA.
 “Nós fizemos uma campanha como se fosse um sistema de votos distrital. Limitamos nossa área de atuação na campanha nesse suposto distrito e cerca de 90% dos nossos votos foram nele”, disse o deputado. De acordo com ele, um sistema distrital seria muito melhor para a população do interior do estado. “Esse modelo é melhor e se não acontecer por força de lei, a própria população vai acabar praticando esse tipo de eleição futuramente”, acredita. O sistema foi tão eficiente que quase todos os votos que ele obteve foram da região, “cerca de 30 mil votos em Valença e 15 mil em Cairú”.
Por conta disso, Hildécio não esconde que irá buscar defender os interesses da região durante o seu mandato. “Claro que sou um deputado do estado, mas temos um compromisso maior com a região do baixo sul, sobretudo na Costa do Dendê”, diz o deputado, que tem projetos para fomentar o turismo, a agricultura e a pesca na área. “Nunca vi levar uma indústria para região, vamos tentar implementar isso. Temos que melhorar a questão da infraestrutura de pesca e terminais marítimos, além de prezar por uma melhor utilização do aeroporto de Valença”, afirmou. Hildécio, que pensa em cumprir todo o mandato, também declarou que irá seguir o princípio da “fidelidade partidária” nas votações da AL-BA. 
“Tenho consciência de que o mandato é dividido com o partido, mas nossa região precisa de muitos investimentos e a gente espera que o governador cumpra suas promessas”. De acordo com Meireles, ainda não houve uma reunião de alinhamento do PMDB para traçar como a bancada irá se comportar: “Acho que todo mundo deve aguardar o que vai acontecer no segundo turno das eleições”, afirmou. Deputado de primeira viagem, Hildécio pode nem tomar posse, já que enfrenta processo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por conta de irregularidades nas contas de Cairú em 2008 e 2011, quando ainda era o prefeito do município.por Luiz Fernando Teixeira. Bahia Noticias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário