PÁGINAS

domingo, 26 de outubro de 2014

Bahia perde para o Internacional e cai para o penúltimo lugar

O Bahia perdeu por 2 a 0 para o Internacional neste sábado (25), no Beira Rio, pela 31ª rodada e com o resultado caiu para a 19ª posição no Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados porAlan Patrick e Nilmar, na etapa inicial.
O time comandado por Gilson Kleina volta a campo no próximo dia 2 de novembro, domingo, contra o Palmeiras, na Arena Fonte Nova.
O JOGO
Nos primeiros minutos, o duelo começou bastante truncado e com muitas faltas. Três para cada time aos seis minutos. Quem chegou com mais perigo foi o Inter, que criou jogadas com D'Alessandro, que arrematou de longe e assustou em lances de bolas paradas. Já o Tricolor tentava explorar contra-ataques.

Alan Patrick abre o placar
Porém, o Tricolor não conseguiu se segurar. Após cruzamento na área, o zagueiro Lucas Fonseca afastou e a bola foi parar com Fabrício, que tocou para Alan Patrick, que mandou uma bomba de fora da área e encobriu Marcelo Lomba.

Bahia tenta nas bolas paradas
O Bahia sentiu o gol e errou muitos passes, principalmente no setor do meio-campo e facilitou o trabalho do adversário. O Tricolor só conseguiu chegar com certo perigo em bolas paradas. Aos 25, Emanuel Biancucchi cobrou falta, a bola desviou em Fabrício e Alisson se esticou todo para salvar o Colorado. Aos 34, o argentino realizou outra cobrança, Uelliton desviou e mais uma vez o arqueiro do Inter pegou firme.

Nilma amplia para o Inter
O Internacional ampliou a vantagem aos 38 minutos. Jorge Henrique tocou para Nilmar livre na área. O atacante girou, finalizou bonito, sem chances para Marcelo Lomba.

O Colorado ainda teve chances de chegar ao terceiro, mas esbarrou nas boas defesas de Marcelo Lomba. Aos 40, Winck avançou, driblou Emanuel Biancucchi e bateu colocado. O arqueiro Tricolor soltou e fez bonita defesa. Um minuto depois, após bate-rebate na área do Bahia, a bola sobrou para Winck. O lateral chutou forte e o camisa 1 do Esquadrão se esticou todo e evitou o gol.

Segundo tempo

O técnico Gilson Kleina decidiu fazer logo uma mudança para tentar deixar o time mais ofensivo e assim buscar o empate. Sacou Diego Macedo e colocou o atacante Potita em campo.

Porém, a mudança não surtiu muito efeito nos primeiros minutos. O Inter continuou criando as melhores oportunidades. Aos cinco, Nilmar recebeu belo passe de Alan Patrick, avançou e chutou forte, mas Lomba evitou o gol. Na sequência, aos seis, Fabrício passou por Uelliton, avançou e cruzou na medida para Jorge Henrique. O meia desviou e a bola passou com muito perigo.

Tricolor tenta reagir 
Depois do ímpeto do Inter nos primeiros minutos do segundo tempo, o time comandado por Abel Braga adotou a cautela e começou a tentar jogar no erro do Bahia. Foi aí que o Tricolor chegou com certo perigo. Aos 17, Henrique fez fila na zaga do Inter e foi derrubado por Alan Costa e o árbitro marcou falta. O próprio Henrique foi para a cobrança e o goleiro Alisson defendeu.

Aos 21, gol anulado. Emanuel Biancucchi bateu escanteio, Uelliton desviou e Henrique marcou, mas o auxilar marcou impedimento. Logo depois, o argentino arriscou de longe, mas Alisson se esticou e fez boa defesa. Aos 26, William Barbio recebeu lançamento e cabeceou para o gol, mas o arqueiro Colorado defendeu.

Inter administra resultado
Com a vantagem, o Inter tratou de recuar e administrar o resultado. O Bahia pressionava, principalmente em jogadas de velocidade com William Barbio, mas não conseguiu furar o forte bloqueio defensivo do adversário. Com isso, o duelo terminou em 2 a 0 para os donos da casa.
FICHA TÉCNICA:
Série A - 31ª rodada
Inter2 x 0 Bahia
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 25/10/2014
Horário: 20h (horário da Bahia)
Árbitro: Marcos da Penha (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva e Vanderson Zanotti (ES)
Cartões amarelo: Aránguiz e Alan (Internacional) ; Bruno Paulista, Uelliton, Lincoln e Demerson (Bahia)
Gols: Alan Patrick e Nilmar (Internacional)

Inter: Alisson; Cláudio Winck, Alan Costa, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alan Patrick (Valdívia), D’Alessandro e Jorge Henrique (Alan Ruschel); Nilmar (Wellington Paulista). Técnico: Abel Braga

Bahia: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Demerson e Pará; Uelliton (Lincoln), Rafael Miranda, Bruno Paulista, Diego Macedo (Potita) e Emanuel Biancucchi (William Barbio); Henrique. Técnico: Gilson Kleina.BAHIA NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário