PÁGINAS

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

“A política de Santo Antonio de Jesus tem meia dúzia de bandidos, boa parte na Câmara de Vereadores”, disse vereador Délcio Mascarenhas

O vereador Délcio Mascarenhas que já foi presidente da Câmara de Vereadores de Santo Antonio de Jesus comentou as polêmicas em relação a eleição prevista para próxima segunda-feira (03), ele disse que está evitando falar, pois acha que quem deve falar sobre o processo legislativo é o atual presidente Marcos Có, mesmo assim disse o que pensava. “Eu estou enxergando toda essa movimentação, esse filme é um filme velho, eu já conheço e isso aconteceu, todo mundo lembra no dia 1 de janeiro de 2013 quando o prefeito não tinha votos suficientes para ganhar a eleição e criou todo aquele tumulto que foi revolvido depois de 22 dias, quando a justiça deu a sentença bastante recheada inclusive”.

Ele ainda demonstrou incomodo com seu nome sendo apontado como possível candidato. “Os vereadores me colocam como possível candidato a presidente da câmara, já falei diversas vezes que eu não sou candidato em hipótese nenhuma; eu não quero ser candidato a presidente da câmara”, garantiu.
O vereador afirmou ainda que não existe nenhuma ilegalidade no processo conduzido por Marcos Có e que Albino estava plenamente ciente das decisões, inclusive contou os detalhes dos bastidores. “A condução aqui está correta e eu queria dizer que na terça-feira estive na Câmara de Vereadores por volta das nove horas da manhã na reunião, o vereador Dema do Leite, o vereador Có e o vereador Albino Martins, naquele momento o vereador Có fez o questionamento e vereador Bino como seria a eleição da câmara e o vereador a Bino pediu a Có que viabilizasse e que marcasse uma reunião para marcar logo a eleição da câmara, que acontecesse logo e isso foi no dia 28 por volta das 10 horas da manhã e pode olhar que o ato foi publicado no dia 29, mas o ato foi feito no dia 28 e o vereador Albino Martins participou, inclusive o vereador Albino Martins falou que gostaria de ter uma reunião com os sete vereadores da bancada de oposição e disse que só votaria em alguém ligado ao grupo da oposição à administração”, esclareceu.
Com tantas polêmicas o vereador se mostrou desmotivado e criticou duramente o comportamento político de algumas pessoas na cidade. “Eu não sou candidato, a gente se decepciona muito com a política, o pessoal só falta dar a sua própria vida e simplesmente quando perde poder aí muda logo de comportamento, age de uma forma arbitrária e vai atrás do poder e eu sou totalmente diferente, sou vítima de muita gente que nós ajudamos só falta e simplesmente chega na hora que perdemos a eleição a pessoa muda de comportamento, muda de ideologia, muda de pensamento e não estou falando em relação vereadores como também de outras pessoas. Hoje minha concepção é que na política de Santo Antônio Jesus tem meia dúzia de bandidos, boa parte na Câmara de Vereadores”, alfinetou.Foto TVSAJ. Texto: Blog do Valente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário