PÁGINAS

terça-feira, 16 de setembro de 2014

William Bonner é apontado como pivô da saída de Patricia Poeta do Jornal Nacional, diz site

A saída de Patrícia Poeta da bancada do Jornal Nacional causou surpresa entre os telespectadores de um dos mais tradicionais jornais da emissora. A versão oficial da Globo é que já estava pré-definido que a jornalista deixaria o programa após três anos, mas informações dos bastidores dão conta de que William Bonner teria sido o real pivô da saída da substituta de Fátima Bernardes.
De acordo com informações do portal UOL, jornalistas da própria emissora especulam essa possibilidade, já que algumas atitudes da moça deixaram Bonner irritado, como por exemplo o fato dela deixar o âncora do Jornal Nacional como mero coadjuvante durante a Copa do Mundo. Ainda segundo o site, além disso, o desligamento de Patrícia Poeta foi anunciada nove dias após vazar a informação de que a jornalista está comprando um apartamento de R$ 23 milhões em Ipanema, bairro nobre do Rio. O problema é que o apartamento pertence a George Sadala, político ligado à CPI do bicheiro Carlinhos Cachoeira, o que pega muito mal em período político.  A Globo não tem tradição em deixar jornalistas por pouco tempo na bancada do JN. Além de Bonner, que apresenta o telejornal há 18 anos, sua esposa Fátima Bernardes também ficou 13 anos à frente da atração.
Patrícia Poeta deverá comandar um programa vespertino de variedades em 2015. Ela será substituída por Renata Vasconcelos. O comando do Fantástico ficará com Poliana Abritta.Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário