PÁGINAS

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

SEBRAE: Reunião discute desenvolvimento da fruticultura de Gandu e região

Por Virgínia Mercês, ASCOM SEBRAE
Com o objetivo de promover a fruticultura desenvolvida no Baixo Sul da Bahia, o Sindicato Rural de Gandu decidiu criar uma marca para vender a imagem e divulgar seus produtos. Embora o Comitê de Fruticultura, fundado há 10 anos, venha desenvolvendo um trabalho diferenciado voltado para o agronegócio da região, a divulgação dos produtos é um aspecto que ainda precisa avançar.
De acordo com Renato Dias, presidente do Sindicato, o Baixo Sul está crescendo e o agronegócio é cada vez mais forte. “Nós precisamos vender aimagem do produto. Hoje, o nosso trabalho não está sendo divulgado, estamos sem mostrar nossa cara. Queremos atrair mais investidores para a região”, destacou Dias.
Com um solo bastante propício para o cultivo de banana, cacau, maracujá, graviola, cupuaçu e abacaxi, a região do Baixo Sul baiano vende frutas para diversas partes do país, mas a origem dos itens não é indicada ao consumidor final. Para sanar esse problema, o Sindicato Rural de Gandu, em parceria com o Sebrae, Senai, Sindicato Patronal, Cooperativa de Crédito, Ceplac, EBDA, Uesc, Uesb, Secretarias de Agricultura dos municípios vizinhos, Adab e Faeb/Senar, está desenvolvendo estratégias para que o consumidor saiba de onde vêm os produtos adquiridos.
Com o intuito de discutir o início da execução das ações de mercado, foi realizada uma reunião nesta terça-feira, 16, na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em Gandu. O encontro contou com a presença de representantes do Comitê de Fruticultura e do Sebrae. 

O consultor de Fruticultura do Sebrae, Giovane Arcanjo, ressaltou a importância da iniciativa. “Esta reunião é de grande relevância, pois marca o início da definição da identidade do grupo e de todo o trabalho de divulgação dos produtos desenvolvidos pelos fruticultores, que vêm desempenhando um papel de indutores do desenvolvimento econômico da região". Ainda segundo o consultor, estas ações irão permitir a dinamização do mercado fruticultor de Gandu, dentro de uma estratégia de marketing específica definida pelo Sebrae.

Uma próxima reunião já está marcada para o dia 14 de outubro, quando serão apresentados a marca e os planos de comunicação.Por: Virgínia Mercês

Nenhum comentário:

Postar um comentário