PÁGINAS

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Representantes de S.A.Jesus no SINTERP têm, dentre outros desafios, a missão de unir segmentos da imprensa local


Por ANTONIO MASCARENHAS

É por demais gratificante a escolha dos nomes de Gildásio Cavalcanti e Paulo Sérgio para integrarem a SINTERP, representando os profissionais que lidam com imprensa em S.A.Jesus e região. De ilibada conduta e detentores de princípios éticos, eles têm demonstrado, em suas trajetórias, discernimento, isenção e, mais que isso, comprometimento com o público, na medida em que veiculam informações eivadas de verdade.  
Esperamos (e não duvidamos disso) que representarão a classe, a contento, independente de interesses individuais e/ou conjunturais desse segmento. Partimos da premissa de que só se notabilizam aqueles que procuram efetuar um trabalho pautado na isenção e que abomine práticas retrógradas, excludentes e de cunho pejorativo. 
A sociedade sabe, perfeitamente, discernir o joio do trigo. É bastante delicada a performance de cada um que, no dia a dia, milita na área de comunicações. Palavras proferidas, na maioria das vezes, causam efeitos inimagináveis. A maioria das pessoas e/ou entidades só espera que as veiculações que lhes dizem respeito sejam favoráveis, prosaicas. No momento em que seus interesses não são contemplados, posicionam-se na defensiva. Nesse contexto, torna-se imperativo que cada profissional procure colocar em pratica todo um aprendizado que emane do senso comum e, mais que isso, que esteja intumescido de conceitos éticos. A técnica que deve ser utilizada, quando os elogios não se fazem merecidos ou quando as criticas nada acrescentam, é, indubitavelmente, o esquecimento. "Tapa com luva de pelica" doi mais que ofensas desferidas.  Considerações à parte, torcemos, deveras,  para que os dois logrem sucesso nessa empreitada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário