PÁGINAS

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Mulher reencontra a mãe e descobre que se casou com o próprio irmão

Uma mulher de 40 anos teve uma surpresa boa e ruim no mesmo dia. Ao reencontrar a mãe após 39 anos, Adriana descobriu que tinha um irmão. E que estava casada com ele. Tudo começou quando ela se inscreveu no site "Anjo dos Encontros", que promove o reencontro entre parentes e amigos que perderam o contato. Adriana deu sorte, e foi selecionada para participar do programa de mesmo nome transmitido em São Paulo. 
Leandro e Adriana se apaixonaram e casaram
sem saber que eram irmãos
(Foto: Reprodução/Rádio Globo)
Adriana foi abandonada pela mãe, Maria, com apenas um ano de idade. Ela estava fugindo do marido, que a ameaçava e agredi-la. Durante a gravação do programa, Adriana descobriu que a mãe estava na linha telefônica. Emocionada, ela começou a chorar e disse para Maria que sentia muita saudade. O sentimento da mãe foi recíproco, e as duas marcaram um encontro.
Só que antes de desligar, Adriana fez uma pergunta cuja resposta mudou tudo. "Mãe, você teve outros filhos além de mim?", questionou.
"Sim, (...) tive o 'Leandro', mas foi com outro homem, não era seu pai", contou Maria. Ao ouvir isso, Adriana entrou em desespero e começou a chorar. Ela se deu conta que, sem saber, se casou com o próprio irmão há sete anos. Eles têm uma filha, que hoje tem seis anos.
"Eu não acredito que você está me falando isso. Leandro é o meu marido", disse Adriana. Depois de se acalmar, Adriana revelou que tinha começado a desconfiar que estava casada com o irmão. A suspeita veio ao olhar uma das certidões de nascimento do marido, que tem duas. Um dos documentos trazia o nome de Maria como mãe.
Só que no outro, a informação sobre a filiação materna não constava. A dúvida só fez aumentar o desejo de Adriana em encontrar a mãe e esclarecer o caso. Alguns dias após a gravação, Adriana e Leandro foram entrevistados pela Rádio Globo e disseram estar abalados com o fato.
No entanto, o casal disse que reuniu a família e revelou a situação, mas que têm a intenção de permanecerem juntos porque não sabiam do parentesco ao se conhecerem e se apaixonarem. A filha dos dois é saudável.
O casamento não é válido perante a lei brasileira, mas Adriana e Leandro nunca oficializaram a união. Os sobrenomes dos envolvidos, assim como as cidades onde eles moram, não são citados para preservar a privacidade deles.Correio da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário