PÁGINAS

terça-feira, 12 de agosto de 2014

MILTINHO (PTN), prefeito de NAZARÉ DAS FARINHAS, tece considerações sobre eventos do sincretismo religioso no município

Por ANTONIO MASCARENHAS
Ele sabe, de "cátedra" o que representa, para o povo de Nazaré, a manutenção das tradições que emanam do seio de uma população que herdou de seus ancestrais um leque de comportamentos e rituais aos quais sempre se apegaram, na trajetória existencial. Sabe, também, quanto essa gente tão receptiva precisa estar preparada para propiciar aos munícipes e visitantes, a essência de uma secular Feira de Caxixi, bem como a impetuosidade de uma beleza paisagística ímpar dessa cidade que inspira poetas, a exemplo das pontes, das construções estilo barroco (a exemplo do prédio dos Arcos, via sacra,  do fórum, das igrejas, da sede da Erato nazarena, etc). Mas em que pese esse fervor preservacionista, ele, dentro do possível, vem procurando dotar o município de condições satisfatórias para adentrar ao "corredor econômico" que se projeta para essa região do recôncavo e que tem como vetores principais a entrada em funcionamento do Estaleiro do Paraguaçu e a eventual construção da ponte Salvador-Ilha de Itaparica. Não é à toda que, à luz dessas premissas,  no município, já está em processo de vendas, pela G3 EMPREENDIMENTOS, o PARQUE DOS LAGOS, um dos maiores e mais requintados empreendimentos residenciais da Bahia.  Em entrevista à TVSAJ, ele fala sobre o cortejo religioso, nesse domingo, 12, culminando com a lavagem na Igreja de São Roque, dentre outros assuntos. PUBLICAREMOS ENTREVISTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário