PÁGINAS

domingo, 10 de agosto de 2014

Bahia bate Goiás e voltar a vencer no Campeonato Brasileiro

Bahia bate Goiás e voltar a vencer no Campeonato Brasileiro
Depois de dez jogos sem triunfos, o Bahia voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (9), na Arena Fonte Nova, o Tricolor bateu o Goiás por 1 a 0. O gol foi marcado por Fahel, aos 30 minutos do primeiro tempo. 

Com o resultado, o Esquadrão chegou aos 13 pontos e agora ocupa a 17ª posição no Campeonato Brasileiro, mas pode ser ultrapassado pelos seus concorrentes no complemento da rodada. O Bahia volta a campo no próximo sábado (16), contra o Corinthians, no Itaquerão.
O JOGO
 Sem vencer há dez jogos no Campeonato Brasileiro, o Bahia entrou em campo com a missão de conseguir um resultado positivo e tentar deixar a vice-lanterna do certame nacional. 
O Goiás tomou a iniciativa com Lima, aos três minutos. Ele arriscou de esquerda da fora da área, mas a bola explodiu na cabeça de Demerson. Logo depois, Thiago Mendes cruzou na área e Bruno Mineiro cabeceou por cima. 
Mas o Bahia estava atento e tratou de responder com Léo Gago. Aos cinco, ele arriscou de muito longe e obrigou Renan a realizar ótima defesa. Um minuto depois, o Tricolor chegou novamente com Perigo. Rhayner avançou pela direita e fora da área bateu cruzado. Mas o arqueiro do Goiás defendeu com tranquilidade.
 
Partida fica truncada
Depois dos minutos iniciais com boas chances, principalmente pelo lado do Bahia, o jogo ficou muito truncada, com várias faltas para ambos os lados. E isso rendeu dois cartões amarelo para o Tricolor. Aos 19 Roniery bobeou e perdeu a bola. Na sequência, o lateral fez a falta e foi punido pelo árbitro Kleber Lúcio. Três minutos depois, Guilherme Santos atingiu o joelho de Moisés e também recebeu cartão. Já o zagueiro Pedro Henrique, do Goias, com o amarelo, após cometer falta aos 26.
 
Fahel abre o placar
O Bahia tinha a maior posse de bola e criado as melhores chances do jogo até então. E o gol veio aos 30. Marcos Aurélio bateu escanteio, e Fahel subiu para cabecear no ângulo esquerdo, sem chances de defesa para o goleiro Renan.

Bahia pressiona
O Bahia queria o segundo gol e foi para cima do Goiás. Aos 38, Rhayner pegou a sobra na entrada da área e acertou um belo chute colocado, mas a bola passou raspando a trave.
 
Aos 41, outra boa chance. Marcos Aurélio cobrou falta no meio da barreira e pegou Renan de surpresa. Mesmo assim, o goleiro defendeu. Na sobra, Fahel tentou, mas furou.

Segundo tempo
A etapa final começou com o ritmo lento. As duas equipes se limitaram a trocar passes e explorar contra-ataques nos minutos iniciais. Aos dez, Erick achou Murilo, que abriu e chutou muito perto da meta de Marcelo Lomba.
 
Aos 14, Thiago Mendes pegou a sobra de falta, que levou perigo ao gol de Lomba. 
 
Goiás com outra postura
Diferentemente do primeiro tempo, o Goiás adotou outra postura na etapa final. O time esmeraldino. A equipe criou jogadas de perigo, mas não conseguiu concretizar as chances em gol.
 
Aos 25, Marcelo Lomba salvou o Bahia. Depois de um vacilo de Guilherme Santos, o Goiás roubou a bola. Murilo bateu firme, mas o camisa 1 do Tricolor mandou para escanteio.

O atacante Assuério, que entrou no lugar de Erik, aos 30 do segundo tempo, desperdiçou uma excelente chance cinco minutos depois de entrar em campo. Ele recebeu de Tiago real na pequena área, mas bateu forte e a bola passou por cima do travessão de Marcelo Lomba.

Bahia administra resultado

Apesar do ímpeto do time Esmeraldino no segundo tempo, o Bahia procurou administrar o resultado nos minutos finais e garantiu o triunfo na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Brasileiro - 14ª rodada
Bahia x Goiás
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Horário: 18h30
Data: 09/08/14
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões amarelo: Roniery, Guilherme Santos, Demerson e Rhayner (Bahia) ; Pedro Henrique e Bruno Mineiro (Goiás)
Gol: Fahel (Bahia)
 
Bahia: Marcelo Lomba; Roniery (Railan), Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme Santos; Fahel, Rafael Miranda e Légo Gago; Marcos Aurélio (Emanuel Biancucchi), Rhayner (Maxi Biancucchi) e Kieza. Técnico: Charles Fabian.

Goiás: Renan; Moisés, Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, Rodrigo (Tiago Real), Thiago Mendes e Ramon (Murilo); Erik (Assuério) e Bruno Mineiro. Técnico: Ricardo Drubscky. BAHIA NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário