PÁGINAS

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Na eleição do SINDSERV deu a chapa 2, todavia, não há vencidos nem vencedores: S.A.JESUS


Foto: Colegas , contamos com o seu voto!!!
Por ANTONIO MASCARENHAS
Realizada nessa quinta-feira, 17, em Santo Antonio de Jesus, a eleição  para a escolha da Nova diretoria do SINDSERV (Sindicato dos Servidos Públicos de Santo Antonio de Jesus. Três chapas foram inscritas para participação nesse certame, a chapa 1, encabeçada por Denize Reis/Gilson Cerqueira, a Chapa 2, representada por SHEYLA/VERA REIS e a Chapa 3, sob a representação de MÁRCIA TEREZA/RAIMUNDO NONATO.. 
Foto: "“É melhor lançar-se à luta em busca do triunfo mesmo expondo-se ao insucesso, que formar fila com os pobres de espírito, que nem gozam muito nem sofrem muito; E vivem nessa penumbra cinzenta sem conhecer nem vitória nem derrota.”

Quero parabenizar a todos que fizeram parte desse processo eleitoral do SINDSERV (Sindicato dos Servidores Público Municipal de Santo Antonio de Jesus - Ba).
Parabéns CHAPA , CHAPA 2, CHAPA 3!
Agradeço a Deus e a  todos que confiou seu voto nas pessoas e nas propostas da CHAPA 1 - "A TRANSPARÊNCIA É O NOSSO ALVO". 
Não foi dessa vez! Não estamos triste! Como disse Rui Barbosa:  ‘Maior que a tristeza de não haver vencido é a vergonha de não ter lutado! Como toda disputa nos remete um aprendizado, não podemos desanimar e nem perder a fé dos nossos objetivos, pois e diante das diversidades que mostramos quem somos e o que desejamos.
Através do processo democrático venceu a CHAPA 2. PARABÉNS!
Continuaremos na luta exercendo nosso papel de cidadania, fiscalizando e cobrando as propostas apresentadas pela chapa eleita e assim conquistar melhorias para todos os servidores, pois creio que  juntos podemos fortalecer nosso Sindicato  para defender e conquistar direitos.
E não esqueçam SERVIDORES: “Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles”. (Rui Barbosa) ... “De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos”. (Confúcio).Apurados os votos, a chapa de Sheyla sagrou-se vencedora, todavia, partimos da premissa de que não há vencidos nem vencedores e que desse pretenso "embate' floresça a união de todos em prol de interesses comuns. Interesses que perpassem os de caráter individuais e que repousem nos de ordem coletiva. A luta por melhores salários e condições dignas de trabalho deverão contemplar a pauta da atuação dessa nova diretoria que deverá corresponder às expectativas depositadas pelos eleitores. Cresce, evidentemente, a responsabilidade de Sheyla que, ao lado de Vera deverá fazer com que haja aproximação maior ainda com o funcionalismo, ouvindo seus anseios, seus pleitos, em busca de soluções tempestivas e eficazes. Corrigir rumos é o grande desafio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário