PÁGINAS

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Mais de 50 mil estruturas hídricas serão construídas no semiárido baiano

O governador Jaques Wagner e a ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, estarão presentes no encontro estadual para assinaturas de contratos entre a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e as entidades executoras do Programa Cisternas. O evento acontece nesta quinta-feira (17), às 9h, no auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. "É um programa de acesso à água, que prevê a construção de cisternas de consumo, construídas próximas às casas, e de produção, para as plantações", explicou a assessoria do MDS. O contrato prevê a implantação de 40.447 cisternas de consumo e 11.816 estruturas hídricas, para manutenção das cisternas, com o objetivo de suprir necessidades alimentares da população do semiárido baiano. O programa existe desde 2003 e, por meio de uma estrutura de calhas, capta a água da chuva do telhado e armazena em reservatórios de 16 mil litros, compostos por placas de cimento. Ainda de acordo com a assessoria, a construção dos equipamentos deve acontecer até o final deste ano.Foto: Alberto Coutinho/ GOV BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário