PÁGINAS

sábado, 28 de junho de 2014

Mesmo confiante, Felipão se prepara para eventual fracasso

Mundo não é o fundo do poço, na visão de Luiz Felipe Scolari. O técnico da seleção brasileira avaliou a possibilidade de sua equipe ser eliminada já no primeiro mata-mata da competição, sábado, 13h, na abertura das oitavas de final da Copa do Mundo, e amenizou um eventual fracasso.
“Não ficaremos orgulhosos ou satisfeitos se não seguirmos em frente. Estamos fazendo nosso trabalho com dedicação, alegria e amor. Mas do outro lado também tem quem faça esse trabalho com qualidade e respeito ao oponente. E, se eles forem melhores, encerram nossa participação. Mas não é o caso para se jogar num poço. Não adianta. Segue a vida”, disse o técnico.

Desde o sorteio dos grupos da Copa, em dezembro, quando surgiu a chance de um Brasil x Chile nas oitavas de final, Felipão diz que os sul-americanos são rivais perigosos e que não desejaria enfrentá-los. “Estão num novo patamar. Jorge Sampaoli os colocou no nível das melhores seleções do mundo e temos de respeitar. Vão jogar para nos vencer e temos de estar muito preparados se não quisermos deixar a Copa tão cedo”, disse o técnico.Tribuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário