PÁGINAS

domingo, 15 de junho de 2014

Costa Rica surpreende e vence Uruguai de virada em Fortaleza

Costa Rica surpreende e vence Uruguai de virada em Fortaleza
A Costa Rica surpreendeu na tarde deste sábado (14). O time comandado por Jorge Luis Pinto sufocou o Uruguai e venceu por 3 a 1, no Castelão, em Fortaleza.  Cavani anotou para os uruguaios, enquanto os gols dos costarriquenhos foram marcados por Campbell, Óscar Duarte e Marco Ureña. Com o resultado, a Costa Rica chegou aos três pontos. O próximo compromisso do time caribenho é contra a Itália, sexta-feira (20), em Recife. Já a equipe Celeste pega a Inglaterra, quinta (19), na Arena Corinthians.
O JOGO
Quarto colocado em 2010, o Uruguai não pôde contar com seu principal astro no duelo contra a Costa Rica.  Luis Suárez ainda se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo realizada no fim do mês passado. Como ainda não tem 100 % de condição física, o treinador Oscar Tabarez decidiu deixá-lo no banco de reservas e escalou o atacante Diego Forlán.
A partida começou bastante truncada, com as duas equipes marcando muito forte. A Costa Rica adotou o 5-4-1 e se segurava na defesa.
Aos oito minutos, Campbell fez boa jogada no meio, abriu para Bolaños, mas perdeu para Gargano.  Dois minutos depois, a Costa Rica chegou novamente com perigo. Ruiz recebeu dentro da área pelo alto, mas cabeceou por cima do gol de Muslera.

Gol anulado
Após uma certa pressão inicial da Costa Rica, o Uruguai começou a gostar do jogo e foi para cima.  Aos 15, Godin aproveitou a bola resvalada por Cavani e tocou para o gol. Mas a arbitragem estava atenta, assinalou impedimento e anulou o gol.
Um minuto depois, Cavani desperdiçou uma boa chance. O atacante recebeu pela direita e chutou para fora.

De pênalti, Uruguai abre o placar
O primeiro gol do Uruguai estava se desenhando. Aos 20 minutos, Diaz agarrou Lugano e o árbitro marcou pênalti. Cavani bate com perfeição no canto esquerdo do goleiro Navas e saiu para comemorar o primeiro gol dos uruguaios na Copa do Mundo.

Costa Rica assusta
A Costa Rica mostrou que não se abalou com o gol e criou chances. Aos 26, Campbell abriu a perna esquerda e soltou a bomba. A bola raspou à trave esquerda de Muslera. Quatro minutos depois, Gonzalez aproveitou rebote da zaga uruguaia, chutou com perigo e obrigou o goleiro Muslera a colocar para escanteio.

A pressão da Costa Rica continuou. Aos 30, Bolaños cobrou falta com perigo, a bola sobrou para Gónzalez, que errou o chute e Muslera jogou para escanteio.

Aos 42, quase empate do time caribenho. Bryan Ruiz cobrou escanteio, Muslera saiu mal, González chegou atrasado e por muito pouco não marcou.

Forlán desperdiça
Já no final do primeiro tempo, o atacante Fórlan chutou com perigo. A bola desviou em Duarte e enganou navas. O goleiro costarriquenho se esticou todo e conseguiu evitar o que seria o segundo gol uruguaio.

Segundo tempo

A Costa Rica iniciou o segundo tempo, assim como terminou o primeiro: pressionando. Aos cinco minutos, Bolãnos cobrou falta na cabeça de Duarte, o zagueiro cabeceou e Muslera espalmou.
O Uruguai respondeu na sequência. Cavani recebeu pela esquerda, levou para o meio e arriscou o chute, mas a bola saiu longe do gol de Navas.

Costa Rica faz dois e vira o jogo
O time comandado por Jorge Luis Pinto e considerado a “zebra” do Grupo D, queria o triunfo. Aos oito minutos, Campbell aproveitou rebatida da zaga uruguaia, ajeitou no pé esquerdo e chutou forte sem chance para Muslera.

Aos 12, a virada. Bolaños cobrou na cabeça de Duarte. O zagueiro costarriquenho não perdoou e cabeceou no canto esquerdo do gol de Muslera.

Navas salva
Após sofrer um bombardeio da Costa Rica, o Uruguai resolver acorda. Aos 24, Cavani recebeu de Cristian Rodrígues, cruzou para o meio da área e a zaga afastou para escanteio. Lodeiro cobrou e Navas fez uma linda defesa.

Caixão fechado
Marco Ureña, que tinha acabado de entrar, recebeu passe primoros de Campbell aos 39 minutos e só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro Muslera e fechou o caixão da Celeste.

FICHA TÉCNICA 
URUGUAI X COSTA RICA
Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE) 
Data: 14 de junho de 2014, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Felix Brych (ALE) 
Assistentes: Mark Borsch e Stefan Lupp (ambos da Alemanha)
Cartões amarelo: Lugano, Gargano e Martin Cáceres (Uruguai).
Gols: Cavani (Uruguai); Campbell, Oscar Duarte e Marco Ureña (Costa Rica).
Cartão vermelho:  Maxi Pereira (Uruguai).

URUGUAI: Muslera, Maxi Pereira, Lugano, Godín e Martín Cáceres; Arévalo Ríos, Gargano (Álvaro González) , Cristian (Ábel Hernandez) e Stuani; Forlán (Lodeiro) e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez

COSTA RICA: Keylor Navas; Umana, Oscar Duarte, Giancarlo González e Cristian Gamboa; Yeltsin Tejeda (Cubero), Celso Borges, Christian Bolaños e Junior Diaz; Bryan Ruiz (Marco Ureña) e Campbell. Técnico: Jorge Luis Pinto. Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário