PÁGINAS

terça-feira, 24 de junho de 2014

Conversa com o Governador: Bahiafarma retoma produção e amplia distribuição para o SUS

O governador Jaques Wagner (PT) destaca em seu programa de rádio semanal as inaugurações da Bahiafarma e da Farmácia da Bahia, unidades responsáveis pela produção e distribuição de medicamentos para a rede do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o chefe do Executivo estadual, além do investimento de R$ 12 milhões na Bahiafarma, é negociada a transferência de tecnologia para a produção de outros remédios com grandes laboratórios internacionais. “Uma grande conquista, não só pelos empregos que vai gerar, mas principalmente porque vai poder distribuir medicamentos mais baratos”, salientou o petista. Wagner elogia ainda a organização da Copa do Mundo, a qualidade do estádio que abriga os jogos na capital baiana e a atuação dos profissionais da Segurança Pública no evento. 
"A Arena Fonte Nova está sendo considerada a mais segura de todas as arenas do Brasil e também a mais confortável. Então, para mim isso é motivo de orgulho, porque demos a Salvador um equipamento que pode trazer essa alegria do futebol, mas pode trazer também grandes shows, fazer convenções, fazer festas religiosas”, observa. O governador também fala sobre a abertura das comemorações pela Independência da Bahia nesta quarta-feira (25), quando a cidade de Cachoeira, no Recôncavo, simbolicamente, transforma-se em sede administrativa do Estado.Bahia Noticias
http://www.secom.ba.gov.br/modules/debaser2/visualizar.php?audiovideo=1&xfid=50137

23/06/2014

Programa do dia 24/06/2014

JINGLE CONVERSA COM O GOVERNADOR 

EDMUNDO FILHO:
Alô você que nos acompanha na capital e no interior. Muito obrigado pela atenção! Eu sou Edmundo Filho e esta é mais uma edição de nosso encontro semanal com o governador Jaques Wagner.

VINHETA: CONVERSA COM O GOVERNADOR 

EDMUNDO:
Governador Jaques Wagner, é um prazer voltar a conversar em nosso encontro semanal num momento em que a Bahia se divide entre as comemorações da Copa do Mundo de Futebol e dos festejos juninos. Tudo bem, governador?

JAQUES WAGNER:
Tudo bem, Edmundo. Mais uma vez é um prazer conversar com você e com todos vocês que nos acompanham em mais este Conversa com o Governador nessa semana do São João. Para nós é uma alegria o São João em todos os cantos da Bahia. Realmente é uma festa popular da Bahia – o Carnaval é muito visto, que é concentrado em Salvador principalmente – e mais uma vez o Governo, ao lado da Petrobrás e do Banco do Brasil, esteve presente, contribuindo em mais de 200 prefeituras e, graças a Deus, mais uma vez se afirma essa tradição, essa festa tão bonita, essa festa do concurso de quadrilha, do milho, da dança, do forró, onde a gente realmente conseguiu colocar o forró fora, inclusive, da Bahia. Hoje vem muito turista a partir do que o nosso Governo tomou a iniciativa de levar a sanfona, de levar o nosso conjunto de forró para São Paulo, para Rio e para Brasília... e eu me orgulho muito disso. É uma tradição tipicamente nordestina, uma tradição tipicamente baiana, e a gente conseguiu fazer dela realmente uma atração a nível nacional e inclusive nesse período conseguimos fazer subir a lotação dos hotéis.

EDMUNDO:
E o Pelourinho, em meio aos jogos da Copa do Mundo, também vive um momento especial com uma programação voltada para o São João, governador.

WAGNER:
É verdade! Tem sido um sucesso. Esse ano eu só recebo elogios. É mais uma contribuição do Governo do Estado para a manutenção dessa tradição, e mesmo fora do interior, aonde é o local próprio da fogueira e do forró, nós conseguimos aqui no Pelourinho ter recebido agradecimento de vários comerciantes de lá. Então essa é mais uma presença do Governo do Estado nas festas populares, na festa junina, ao lado, evidentemente, da Copa do Mundo, que todo mundo sabe é um sucesso. Eu quero dizer aqui a todo o povo baiano do nosso orgulho e agradecer a Polícia Militar, a Polícia Civil, a Polícia Técnica, a todos os voluntários, a todos que trabalham lá na Arena Fonte Nova porque a Arena Fonte Nova, até o momento, está sendo considerada a mais segura de todas as arenas do Brasil e também a mais confortável. Então para mim isso é motivo de orgulho, porque demos a Salvador, o Governo do Estado deu a Salvador, um equipamento que pode trazer essa alegria do futebol, mas pode trazer também grandes shows, fazer convenções, fazer festas religiosas, e então está aí uma semana repleta. O Brasil, graças a Deus, indo bem e as arenas, em geral, funcionando, com destaque para a nossa arena aqui, Fonte Nova, porque ela foi comentada até em jornais do exterior.

EDMUNDO:
Mas apesar desse clima de festa, eu vejo que a sua agenda de trabalho continua intensa, governador, mesmo na semana dos festejos juninos e jogos da Copa do Mundo.

WAGNER:
A gente não para, não é, de trabalhar. Então não é só de São João, de futebol que a gente vive. E é por isso, Edmundo, que nessa quarta-feira, dia 25, a gente, mais uma vez, pelo 7º ano consecutivo, transfere simbolicamente a capital do Estado para Cachoeira. A nossa cidade libertadora que começou a luta pela independência em 25 de junho de 1822, foi bombardeada a nossa Câmara de Vereadores e mais uma vez eu estarei lá para simbolizar o nosso agradecimento, a nossa reverência aos heróis da independência baiana. Nós ainda temos algumas inaugurações que serão feitas nesse dia, a exemplo do teatro todo recuperado e que, portanto, será mais um equipamento para Cachoeira, que está virando quase que uma cidade universitária com a presença da Universidade Federal do Recôncavo.

EDMUNDO:
Ainda falando de trabalho, o senhor fecha a semana com duas entregas na área da Saúde: A Farmácia da Bahia, em Macururé, e a nova Bahiafarma, no município de Simões Filho. Duas ações importantes na produção e distribuição de medicamentos.

WAGNER:
É verdade. A primeira, para mim, com grande alegria na quinta-feira, com a presença do ministro Arthur Chioro, da Saúde, nós vamos finalmente reinaugurar, depois de um investimento de R$ 12 milhões, aquilo que outros encerraram e fecharam. Hoje em dia todo mundo sabe que tecnologia é fundamental, que medicamento é fundamental. Agora nós estamos reabrindo a Bahiafarma, já com a produção da Cabergolina, é um remédio que é usado para quem tem distúrbios hormonais. Até então ele era importado da Itália, e em uma negociação do Governo do Estado, do Governo Federal e da empresa, da Cristália, que é a produtora desse produto, nós já vamos inaugurar a Bahiafarma já produzindo esse produto. É a primeira vez que esse produto é produzido dentro do Brasil, aqui na Bahia, e nós já estamos nos preparando, exatamente, com transferência de tecnologia para produzir outros medicamentos. Essa negociação já está em curso com grandes laboratórios internacionais, o Sevelamer para insuficiência renal, e outros remédios que nós vamos estar produzindo aqui na Bahiafarma. Então essa é uma grande conquista, não só pelos empregos que vai gerar, mas principalmente porque vai poder produzir medicamento mais barato, que será distribuído pelo SUS para a população, e vai estar desenvolvendo tecnologia, que todo mundo sabe que hoje o desenvolvimento passa sempre pela inovação, pela ciência e pela tecnologia. Essa é mais uma contribuição nossa para melhorar a saúde pública na Bahia e no Brasil. E na sexta-feira eu vou estar em Macururé, realmente, inaugurando mais uma Farmácia da Bahia. Esse equipamento que é um equipamento relativamente simples, mas que tem trazido muita alegria dentro do interior do Estado porque ele passa a ser um ponto de distribuição de medicamento para a população daquele município. Então essa é mais uma Farmácia da Bahia, um investimento de R$ 120 mil, que tem uma importância muito grande na saúde municipal.

EDMUNDO:
Governador Jaques Wagner, mais uma vez obrigado pela atenção e até o nosso próximo programa, na torcida pela seleção brasileira. Um abraço!

WAGNER:
Obrigado a você, Edmundo. Obrigado a vocês que nos acompanharam. Bom São João para todos. Boa Copa do Mundo, e tomara que o Brasil chegue na final e que a gente possa levantar a taça do sexto campeonato, do hexa aqui em território brasileiro. Um abraço, e até a semana que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário