PÁGINAS

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Atual campeã, Espanha perde mais uma e dá adeus à Copa do Mundo

Atual campeã, Espanha perde mais uma e dá adeus à Copa do Mundo
A Espanha está fora da Copa do Mundo. Atual campeã, a seleção espanhola perdeu mais uma. Desta vez o algoz foi o Chile, que venceu a Fúria por 2 a 0 nesta quarta-feira (18), no Maracanã, pela segunda rodada do Grupo B. Com o revés, o time comandado por Vicente del Bosque deu adeus ao Mundial, enquanto os chilenos conquistaram antecipadamente uma vaga nas oitavas de final.

Fora da Copa, agora a Espanha encara a Austrália na próxima segunda (23), em Curitiba, apenas para cumprir tabela.

O JOGO
A Espanha entrou em campo contra o Chile para tentar esquecer o vexame da estreia, quando foi massacrada pela Holanda ao perder por 5 a 1 na Arena Fonte Nova. Já os chilenos buscavam o segundo triunfo na competição.


Chilenos tomam iniciativa
Logo no primeiro minuto, o Chile chegou com perigo. Vidal fez boa jogada e a bola sobrou para Vargas, que chutou. A bola desviou e saiu. Aos dois, Alexis cobrou escanteio e Jara cabeceou muito perto do gol de Casillas.



O famoso “tiki-taka”, já colocado em xeque, não funcionou nos minutos iniciais e o Chile dominava as ações.


Aos 15, minutos a primeira grande chance da Espanha. Xabi Alonso, na área, livre, chutou forte e Bravo fez grande intervenção.


Vargas abre o placar  
Após pressionar, o primeiro gol saiu. Aos 19, Aránguiz recebeu de Sánchez e tocou para trás. Vagas dominou, tirou de Casillas e bateu para o gol.


Atrás do placar, a Espanha tentou ir para cima em busca do empate.  Aos 23, Xabi Alonso recebeu de Diego Costa e mandou longe do gol de Bravo.


Aos 26, Iniesta levantou na área e a bola sobrou para Diego Costa, que chutou na rede, pelo lado de fora.


Os jogadores de frente do Chile procuraram marcar bastante a saída de bola da Espanha e com isso a Fúria encontrava dificuldades para chegar na área chilena.


Chile amplia
Aos 43, o  Chile chegou ao segundo gol. Sánchez cobrou falta e Casillas rebateu para o meio da área. Aránguiz pegou a sobra, dominou bateu no canto.


Segundo tempo
A Espanha não queria passar por outro vexame e por isso tentou ir para cima e buscava espaços na fechada defesa chilena. Aos dois minutos, Iniesta achou Diego Costa no meio da defesa, o atacante chutou e é travado. A bola desviou e saiu pela linha de fundo.


Espanha esboça reação
Mais ofensiva no início do segundo tempo, a Espanha tentava encurralar o Chile. Após cobrança de falta, Diego Costa emendou uma bicicleta para o gol. A bola saiu como um cruzamento, que caiu nos pés de Busquets. O volante errou e mandou de canela para fora.


Chile tenta o terceiro
Aos 22, Sánchez lançou Mena, que bateu cruzado e Isla chegou de carrinho, mas a bola subiu demais.   Enquanto isso, a torcida chilena fazia a festa no Maracanã. Dois minutos depois, Sánchez partiu pela direita com muita velocidade e cruzou para Vargas, que mandou de cabeça para fora.



Bravo se destaca
A Espanha chegou a criar jogadas de perigo, mas falhava nas concretizações. Aos 31, Iniesta lançou dentro da área, mas Bravo saiu muito bem do gol e defendeu. Aos 35, o arqueiro chileno protagonizou outra boa defesa. O camisa 1 saiu de maneira incrível do gol e salvou o Chile.


E Bravo fez outra bela defesa. Aos 38, Iniesta arriscou de fora da área e obrigou Bravo a se esticar todo e evitar o que seria o primeiro gol da Espanha.


FICHA TÉCNICA
Copa do Mundo

Espanha x Chile
Local: Maracanã (RJ)
Data-hora: 18/06/2014, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)
Auxiliares: Mark Hurd (EUA) e Joe Fletcher (CAN)

Cartões amarelo: Vidal e Mena (Chile); Alonso (Espanha).
Gols: Vargas e Aránguiz  (Chile)


ESPANHA: Casillas; Azpilicueta, Martínez, Ramose Alba; Busquets, Alonso (Koke) e Iniesta; David Silva, Diego Costa (Fernando Torres) e Pedro (Cazorla).Técnico: Vicente del Bosque


CHILE: Bravo, Isla, Medel, Jara e Mena; Aránguiz, F. Gutiérrez , Vidal, e Díaz; Vargas (Valdívia) e Sánchez. Técnico: Jorge Sampaoli.Bahia Noticias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário