PÁGINAS

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Argélia supera Coreia do Sul em jogo movimentado no Beira-Rio

Argélia supera Coreia do Sul em jogo movimentado no Beira-Rio
O público que esteve presente no Beira-Rio neste domingo (22) para assistir a partida entre Argélia e Coreia do Sul não saiu de lá arrependido. Assistiram um bom jogo e bastante movimentado. A vitória foi da seleção africana por 4 a 2 e os argelinos se tornaram o primeiro país da África a marcar quatro gols em jogos de Copa do Mundo. 
Com o resultado, a Argélia chegou aos três pontos e agora ocupa a segunda colocação do seu grupo. Na última rodada, a seleção africana encara a Rússia, na próxima quinta-feira (26), na Arena da Baixada. Já a Coreia, vai pegar a  líder Bélgica, no mesmo dia, em São Paulo.

O JOGO
A Coreia do Sul  entrou em campo com um ponto e precisava da vitória para seguir sonhando com uma vaga nas oitavas de final. Isso porque irá enfrentar a favorita Bélgica na última rodada do grupo H. Já a Argélia não pontuou e buscava um triunfo para não ser eliminada.
 
Com isso, a Argélia chegou perigo logo no primeiro minuto da partida. Feghouli recebeu na entrada da área, girou o corpo e chutou com perigo sobre o gol de Jung Sung Ryong 
 
Lance polêmico
A seleção africana foi para cima e aos três minutos Feghouli fez boa jogada individual, foi derrubado, mas o árbitro não marcou o pênalti. Na sequência, Brahimi mandou longe da meta de Jung Sung Ryong. 
 
A Argélia continuava dominando o duelo. Aos nove, Slimani cabeceou para fora com perigo, após cobrança de escanteio.
 
Argélia marca três no primeiro tempo
O domínio da Argélia era absoluto. E para confirmar, só faltava o gol, que veio aos 25 minutos. Slimani recebeu ótimo lançamento, se livrou de dois defensores sul-coreanos e só teve o trabalho de tocar na saída de Jung Sung Ryong.
 
Dois minutos depois, outro gol. Halliche aproveitou a cobrança de escanteio de Djabou cabeceou sem chances para o goleiro Jung Sung Ryong.
 
A Coreia do Sul sentiu o golpe e não conseguia chegar ao gol da Argélia. Até os 36, o time sul-coreano ainda não tinha dado um chute a gol.
 
Aos 38, Slimani fez linda jogada pela esquerda e tocou para Djabou. O camisa 18 chutou com categoria no canto esquerdo e ampliou o placar no Beira-Rio.

Segundo tempo
Após o término da etapa inicial, os reservas da Coreia não foram para os vestiários e aqueceram em campo, o que sinalizava mudança depois do intervalo. No entanto, o técnico Hong Myung Bo decidiu não realizar nenhuma alteração.
 
Coreia diminui
Parece que a conversa do técnico Hong Myung Bo com seus comandados durante o intervalo, serviu para acordar o time. A Coreia, que até então não tinha finalizado, diminuiu a vantagem da Argélia aos seis minutos. Son Heung Min recebeu  dentro da área, girou sobre o zagueiro argelino e chutou entre as pernas do goleiro M'Bolhi.

Aos 11 minutos, a Coreia cobrou falta com agilidade e quase surpreendeu a defesa argelina.
 
A Coreia do Sul mostrava ser outra equipe no segundo tempo. Aos 14, Ki Sung Yueng arriscou uma bomba de fora da área e obrigou  o goleiro M'Bolhi a fazer uma defesa sensacional.
 
Quarto gol da Argélia
O ímpeto da Coreia do Sul diminuiu aos 17 minutos do segundo tempo. O volante Brahimi avançou pelo meio, fez linda tabela com Feghouli, recebeu na cara do gol e só tocou na saída de Juing Sung Ryong.

Duelo movimentado
A partida que já era movimentada, ficou ainda mais aos 27 minutos. Son Heung Min não aproveitou o cruzamento, a bola sobrou para Lee, que cruzou para Koo, que só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes. Aos 42, Ji Dong Won aproveitou o rebote da zaga argelina e chutou com perigo à esquerda do gol de M'Bolhi.

Mas não deu para a seleção da Coreia e a Argélia venceu por 4 a 2.Bahia noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário