PÁGINAS

quinta-feira, 8 de maio de 2014

'SuperStar': Ivete Sangalo, a jurada que só diz 'sim'

Ivete aprova mais uma banda no 'SuperStar'
"Meu sistema é no sim." A frase dita por Ivete Sangalo no SuperStar do domingo passado resume bem a participação da baiana como jurada no programa. Das 34 bandas que participaram da etapa de audições e outras seis apresentações nos primeiros duelos, apenas duas receberam "não" da cantora – Trio Violada, que conseguiu passar mesmo assim, e CW7, eliminada. No primeiro duelo entre os classificados, no último domingo, todos os seis concorrentes foram aprovados por ela. A "mãezona" do reality show tem, até agora, um impressionante aproveitamento de 95% no total de 40 apresentações. "É muito difícil para mim, como artista, dizer 'não' a alguém."
Ivete sempre encontra uma razão para dizer "sim". Se a cantora não é muito afinada, vale a presença de palco – como da vocalista da Batidão, que ganhou até convite para participar de um show da baiana. Em mais de uma ocasião, era dela o único sinal azul, que representa a aprovação – foi o caso da banda Química. E em nenhum momento, ela se mostrou intimidada por isso. Ao contrário, ainda faz graça: "Queria falar à direção desse programa: Obrigada por colocar todas as bandas ótimas no palco e a gente não ter outra opção a não ser votar 'sim'".
O bom humor da cantora, aliás, é o que sustenta o júri fraco e sem sintonia, completo ainda por Fábio Jr. e Dinho Ouro Preto. "Andou estudando, hein, Fabão?", perguntou, tirando sarro do colega que foi pesquisar na internet sobre as bandas depois de ouvir uma série de críticas sobre sua performance sem graça no programa. "Sigo de volta, troco likes, dou dez likes na última foto e troco elogio também. Vai topar ficar comigo?", foi o argumento para convencer uma das bandas a ficar com ela. A plateia a ovaciona, o telespectador a adora e quase todas as bandas a queriam como madrinha – não à toa, foi a primeira a completar seu time.
Nos bastidores, Ivete também arranca risadas. Seu assunto preferido é o sucesso de Fábio Jr. com as mulheres. "Gente, quem quiser falar com ele, pode falar comigo. Cinquenta reais a foto", brincou durante um dos ensaios com público. Em batalha com o cantor romântico para apadrinhar a banda Fuzzcas, partiu para o par ou ímpar depois de se ver em desvantagem. "Fábio é praticamente uma unanimidade, meu bem. A nível de... se é que você me entende", disse, em duplo sentido certeiro, depois de Fernanda Lima perguntar o que ele podia fazer melhor do que ela para a banda. "Mas eu fui mais fofa", ainda argumentou. "Se for para avaliar fofura, você sempre ganha", emendou a apresentadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário