domingo, 11 de maio de 2014

Acusado de homicídio chora copiosamente na delegacia: "É um artista", diz delegada

 Jovem matou pedreiro com várias facadas por causa de dívida de R$ 20
Um jovem foi preso acusado de matar um usuário de drogas que estava devendo R$ 20 no Nordeste de Amaralina, na capital baiana. De acordo com a delegada da 28ª DT (Delegacia Territorial), George Lima Simas, 21 anos, matou um homem na quarta-feira (7) com várias facadas e foi detido em menos de 48 horas.
O acusado, que trabalha para a Sucop (Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador), nega o crime e diz ser inocente.
— Nunca matei ninguém na minha vida.
A delegada informou que tem várias testemunhas, inclusive ocular, e disse que Simas invadiu a residência do pedreiro e desferiu vários golpes de faca. Após esfaquear o homem, ele ainda deu um golpe com uma pá na cabeça da vítima.
— Ele matou rindo, ele dava facada e ria.
Na delegacia, o acusado chorou copiosamente e disse ser inocente. Simas afirmou que nem conhecia o pedreiro.
A delegada ficou indignada com o choro do jovem. "É um artista, na hora do vamos ver ele foi frio e calculista".Acusado, que trabalha para a Sucop, nega o crime e diz ser inocente. Reprodução/Record Bahia.MG noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário