PÁGINAS

domingo, 6 de abril de 2014

Uso de antisséptico bucal três vezes ao dia aumenta risco de câncer


Pesquisa da Faculdade de Odontologia da Universidade de Glasgow, na Escócia, revelou que o excesso de antisséptico bucal – três vezes ao dia - pode aumentar risco de câncer de boca e garganta. O resultado apoia um estudo australiano de 2009 que disse que havia “provas suficientes” de que enxaguantes bucais com álcool contribuem para um aumento da probabilidade da doença, porque permitiriam que substâncias causadoras de câncer penetrassem na mucosa da boca com mais facilidade. No novo levantamento, avaliaram 1.962 pacientes com câncer e 1.993 pessoas saudáveis em 13 centros de nove países. Constatou-se também que aqueles com problemas de saúde oral, incluindo os com dentaduras e gengivas sangrando persistentemente, estavam em maior risco. Os cientistas acrescentaram que pode haver uma ligação entre os bochechos excessivos e as pessoas que os utilizam para mascarar o cheiro de fumo e álcool, fatores de risco para o câncer oral. Eles não foram capazes de analisar os tipos de antisséptico bucal causadores do problema, porque eram usados há muitos anos pelos voluntários. “Não aconselharia o uso rotineiro de antisséptico bucal. Para mim, tudo que é necessário, em geral, é uma boa escovação regular com creme dental com flúor e fio dental combinada com check-ups regulares por um dentista”, disse o dentista David Conway. Com informações do Daily Mail.B.Noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário