PÁGINAS

sexta-feira, 11 de abril de 2014

AGÊNCIA 1, FILOPEQUENO e PLENA PROPAGANDA: agências que participam do processo licitatório em S.A.JESUS

 Por ANTONIO MASCARENHAS

A propaganda é, sem sombra de dúvidas, a "alma do negócio". Uma propaganda bem feita e que passe, necessariamente, por todo um trabalho de pesquisa que tenha por escopo atender as necessidades do cliente, rompe barreiras até então inimagináveis. Já na administração pública, por conta do que preconiza a carta magna de 1988, é imperativo que se dê transparência às ações desenvolvidas. Só assim a população terá conhecimento acerca da aplicação do dinheiro público, retirado de "suas entranhas" através de impostos e taxas. 
E é através das agências de publicidades que todo um trabalho, seja na criação de campanhas publicitárias, seja na divulgação desse material, é realizado. Uma agência de publicidade, dotada de bons profissionais faz a diferença. Alem do desencadeamento de projetos bem estruturados, cabe à agência a uniformização de informações no intuito de coibir divulgações não vinculadas e que acabam provocando situações, em alguns casos, vexatórias. Nessa premissa, todas as informações partem de uma única fonte que, por sua vez, deverá estar aparelhada para cobrir todo um leque de acontecimentos que gravitam  no seio da administração.
Consubstanciado nesse proposito é que a administração municipal do prefeito Humberto Leite está realizando o processo licitatório para a definição da Agência que, em saindo o resultado, dará início a esse trabalho de extrema importância no município. 
E, na manhã dessa sexta-feira, 11, foi realizado, na Secretaria de Administração, o credenciamento (através da entrega de envelopes) das empresas AGÊNCIA ÚNICA, de Feira de Santana, representada por Dilton Júnior; FILOPEQUENO, de Feira de Santana, representada por Patrícia Kely e PLENA PROPAGANDA, de Salvador, representada por Tiago Carvalho. Trata-se de uma licitação embasa na "melhor técnica". Integrado a equipe de Licitações, Anderson, Samuel, Arilândia e Diego. Segundo informações dos licitantes, uma nova data será estabelecida para o anúncio da empresa vencedora do certame. "Não se trata de uma licitação qualquer, ou seja, nem todas as agências  disponíveis no mercado estão preparadas para atender aos requisitos regimentalmente exigidos", segundo Dra. Luciene Pinto, Secretária de Administração e Planejamento Municipal de S.A.Jesus.
É de extrema relevância a definição do nome da empresa que dará aporte a esse trabalho junto à administração municipal. Alguns municípios da região pecam por não priorizarem a publicidade dos atos e demais informações inerentes ao município. O gestor que se confina atrás da escrivaninha e fica "enclausurado" entre quatro paredes não consegue nada para o município que "comanda". Alheio às novidades, acaba caindo no obscurantismo. Nas hostes governistas federal e estadual há equipes que acompanham, diariamente, as informações sobre o que se passa em cada município. A ausência de material publicado através dos diversos meios de comunicações (site, blogs, jornais, emissoras de rádio, etc)  acaba "tirando do mapa" municípios importantes. Fotos Antonio Mascarenhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário