PÁGINAS

terça-feira, 8 de abril de 2014

Leoa mata mamãe macaca, mas cuida de filhote na África; veja fotos impressionantes



Depois de matar a mãe do filhote, ela cuidou do pequeno babuíno Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles
Durante uma viagem a Botsuana, na África, os fotógrafos de vida selvagem Evan Schiller e Lisa Howlzwarth se depararam com uma cena emocionante e foram, mais uma vez, surpreendidos pela natureza. Andando de carro pelo nordeste do país, a dupla flagrou um grande grupo de babuínos correndo pelas árvores.
Os babuínos estavam reunidos em árvores para escapar dos predadores Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles
“Entre 30 e 40 babuínos vinham em nossa direção, fazendo muito barulho (...). Não tínhamos ideia do motivo, mas do alto das árvores, eles tinham um ponto de vista melhor”, explicou Lisa em seu blog The LEO Chronicles. O grupo de macacos já tinha notado a presença de duas grandes leoas em busca de uma refeição. “Entre os gritos dos babuínos e os rugidos guturais das leoas, a cena estava uma loucura”, disse ela.
A leoa matou uma macaca fêmea Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles /

A confusão piorou quando uma babuíno fêmea desceu da árvore para tentar correr dali, mas acabou sendo fisgada por uma das leoas. Foi quando um filhote se desvencilhou do corpo morto da mãe e correu para tentar escalar uma árvore. “Apesar de ser tão jovem (devia ter cerca de um mês), eu fiquei impressionada ao ver como seu instinto foi rápido e ele correu para ficar a salvo em uma árvore”, escreveu Lisa. Apesar das tentativas, o pequeno macaco parecia não ter forças para escalar.

A leoa flagrou o pequeno babuíno tentando escapar Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles
Uma das leoas percebeu, então, o filhote que tentava fugir. Ela se aproximou e abocanhou o pequeno babuíno, mas não para matá-lo. “Ela pegou ele pela boca (ela poderia tê-lo engolido num piscar de olhos) e o colocou em sua frente. O que aconteceu em seguida nos chocou — o filhote, em outro momento instintivo, abraçou o peito da leoa e começou a tentar sugar. As fotos dizem tudo”, conta ela.

O filhote de babuíno brincou com a leoa Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles
O filhote pegou a leoa pela boca, como se fosse mamar Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles

Como se a cena não pudesse ficar ainda mais fofa, numa árvore perto dali um grande babuíno macho observava tudo, buscando uma chance de salvar o bebê. Com a chegada de dois leões, a situação ficou um pouco tensa entre os felinos, e o papai teve a oportunidade de descer e resgatar o filhote. “Eu fiquei tocada pela forma como o pai carregou o bebê de forma gentil, depois de tantas provações”, disse a fotógrafa.


Com a chegada dos machos, a situação dos felinos ficou tensa Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles


O pai conseguiu resgatar o filhote babuíno Foto: Evan Schiler/Reprodução/The LEO Chronicles /

“O jovem babuíno é uma inspiração para mim, e um lembrete de que a vida é frágil e não importa o quanto a gente tente controlar os resultados, tudo que podemos fazer é viver o agora”, concluiu Lisa.






Nenhum comentário:

Postar um comentário