PÁGINAS

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Esposa revela que Luciano do Valle morreu sem realizar seu grande sonho


Familiares, amigos e fãs de Luciano do Valle, que morreu no último sábado (19)após passar mal durante um voo para Minas Gerais, se despediram do narrador neste domingo (20). O corpo do jornalista foi velado durante toda a manhã na Câmara dos Vereadores de Campinas, cidade onde nasceu e deu início à carreira profissional. Casada com Luciano da Valle há 10 anos, Flávia estava muito emocionada. Ela revelou que o narrador morreu antes de realizar o seu maior sonho, que era o de fazer a cobertura dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.
"As Olimpíadas eram o maior sonho dele. Ele estava muito focado na Copa, porque sabia que ia ser um trabalho muito diferente, mas estava radiante por causa das Olimpíadas. Ele promoveu tantos esportes no país, tanta gente que ele colocou para cima. Ele foi tão visionário e corajoso de colocar esses projetos no ar. É o que ficou faltando, a cobertura dos Jogos", disse Flávia aos jornalistas presentes no velório.
"Ele sempre foi muito disposto a ensinar. Quem colasse do lado dele e pedisse uma força, ele fazia. Muitos profissionais chegavam para ele e perguntavam: 'Como eu devo narrar um gol?'. Ele dizia: 'Com o coração'", completou a viúva.Quem também estava muito abalado era o ex-jogador Neto, companheiro de Luciano do Valle nas transmissões esportivas da Band há 12 anos. Desolado, o ex-atleta ficou durante alguns minutos em silêncio, olhando para o caixão e chorando bastante. "Eu não perco só um companheiro. Perco uma pessoa que me ajudou a ser o comentarista que sou hoje. O legado que ele deixa para nós é imenso. Ele foi um visionário. Infelizmente, teve que morrer para as pessoas entenderem a força dele. Ele não sabia o amor e respeito que as pessoas tinham por ele", disse Neto 
Além de Neto, outros colegas de Luciano fizeram questão de dar o último adeus ao dono de uma das vozes mais importantes da história da televisão brasileira. "A gente conviveu bastante. O Luciano começou um pouco antes de mim, uns três ou quatro anos, mas ele fazia parte da minha turma. Ele foi para um lado, eu fui para outro. Só comecei a narrar futebol em 1982, e o Luciano já fazia desde os anos 80. Era uma referência. Aquela narração do gol do Zico (contra a Iugoslávia, antes da Copa do Mundo de 1986) é de arrepiar", relembrou o narrador Oliveira Andrade.
O velório do locutor, que é aberto ao público, segue até o fim da tarde, quando o corpo será levado ao Cemitério Parque Flamboyant, local onde será enterrado. Luciano do Valle morreu aos 66 anos, após passar mal em um avião. Ele chegou a ser socorrido em Uberlândia e levado para um hospital da cidade, mas morreu pouco tempo após dar entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nenhum comentário:

Postar um comentário