PÁGINAS

quinta-feira, 20 de março de 2014

Pela Copa do Brasil, Bahia apenas empata com Vila Nova por 1 a 1

Pela Copa do Brasil, Bahia apenas empata com Vila Nova por 1 a 1
O objetivo do Bahia era eliminar o jogo de volta contra o Vila Nova em Salvador. Mas aos 3 minutos, nesta quarta-feira (19), em Minas Gerais, o Tricolor viu os donos da casa abrirem o placar. A missão, então, ficou mais complicada. Até empatar pareceu complicado para o time de Marquinhos Santos que não fez muito no primeiro tempo. Na segunda etapa, pouco melhor, o time baiano criou mais e, enfim, o gol veio. Após boa jogada de Talisca, Rafinha empatou. Com o resultado, os dois times voltam a se enfrentar no dia 17 de abril, na Arena Fonte Nova para definir vaga para a próxima fase da Copa do Brasil. 
Vila Nova abre o placar aos 3 minutos
Nova competição e um time com algumas modificações. O técnico Marquinhos Santos fez três mudanças no sistema defensivo e optou por uma formação, na teoria, mais ofensiva. O Vila Nova, no entanto, mostrou no início da partida que a intenção garantir, ao menos, o jogo de volta em Salvador. Aos 3 minutos, o time mineiro se aproveitou de um erro de saída de bola tricolor. Uelliton fez a falta e Mancini – artilheiro do time com sete gols no Campeonato Mineiro – abriu o placar.

Apesar de Marquinhos Santos ter mudado o esquema tático em busca de maior criatividade, o Bahia não tinha facilidade para armar jogadas e buscava na bola parada – já que dessa forma saiu muitos gols da equipe no Baiano, em especial com Anderson Talisca – para chegar ao empate. Enquanto não encontrava criatividade para criar, o Bahia também pecava na organização para defender, o que possibilitava chegada dos donos da casa com maior frequência e também com maior objetividade, dando certo trabalho a Marcelo Lomba. 

Em 30 minutos de jogo, o Bahia chegou perto do gol apenas através de duas cobranças de falta de Talisca e uma finalização de Lincoln, mas todas sem grande perigo. Apesar disso, o Tricolor conseguiu equilibrar mais a partida e diminuir as chegadas do Vila Nova. 


Bahia melhora, mas segue com pouca criação
No segundo tempo, Marquinhos Santos, no intuito de dar mais velocidade ao time, fez a primeira substituição ao trocar Marcão por Rafinha. Troca à parte, Lincoln chegou perto de dar ao Bahia o que faltou na primeira etapa: objetividade e gol. O meia recebeu de Pittoni, driblou o goleiro, mas perdeu o ângulo e chutou por cima. Com mais liberdade, o Tricolor se organizou mais, adiantou a marcação e passou a ter maior posse de bola. A superioridade do time baiano, no entanto, foi logo superada pelo equilíbrio do Vila Nova. 

Com o passar do tempo, o Bahia não esboçou nada que desse ao torcedor a esperança do empate. Pelo contrário. Quem quase fez o gol foi o Vila Nova, e novamente com Mancini. O meia chegou pela direita, livre, mas a bola passou pelo lado do gol. Quando tinha chances, essas aconteciam através de bolas paradas. Aos 20 minutos, foi a vez de Lincoln arriscar e obrigar boa defesa do goleiro Braz. Logo em seguida, ele foi substituído pelo jovem Jeam. 

Em boa jogada de Talisca, Rafinha empata para o Bahia
Anderson Talisca, responsável por salvar o Bahia em diversos jogos do Campeonato Baiano, mais uma vez ajudou o Tricolor a sair de uma situação difícil. O meia puxou contra-ataque e deu um passe açucarado para Rafinha, que finalizou bem e igualou o placar. O time baiano ainda buscou a virada, mas sem eficiência suficiente. Dessa forma, o resultado de 0 a 0 na Fonte Nova favorece o Esquadrão. 

FICHA TÉCNICA:
Copa do Brasil – 1ª fase
Vila Nova-MG 1 x 1 Bahia
Local: Nova Lima, em Minas Gerais (MG)
Horário: 21h50
Data: 19/03/2014
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Gilberto Stina e João Luiz Coelho (RJ)

Vila Nova: Braz; Arilton, Welton Felipe, Paulo Roberto e André; João Paulo, Mateus, Leo e Mancini; Lucas Sotero e Kim. Técnico: Walter Murilo.

Bahia: Marcelo Lomba; Rafael Miranda, Demerson, Titi e Guilherme Santos; Uelliton, Pittoni, Talisca, Lincoln (Jean) e Rhayner; Marcão (Rafinha). Técnico: Marquinhos Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário