PÁGINAS

quarta-feira, 12 de março de 2014

Homem diz que deixou R$ 1,3 milhão em carro porque era perseguido

Homem diz que deixou R$ 1,3 milhão em carro porque era perseguido
O homem que deixou cerca de R$ 1,3 milhão dentro de um carro no Aeroporto de Santa Genoveva, em Goiânia, na última terça-feira (4), afirmou em depoimento que o dinheiro é fruto de agiotagem, operações em casas de câmbio e compra e venda de imóveis e carros. Segundo entrevista do delegado Marcel de Oliveira ao G1, não foi preciso perícia para comprovar a identidade do homem. "Ele confirmou e nós olhamos juntos as imagens [da câmera de segurança do aeroporto]. É ele mesmo. Agora, tem que provar a origem desse dinheiro”, disse. O carro foi encontrado com chaves e documentos pela Polícia Militar após denúncia anônima. Além dos US$ 507 mil, outros R$ 95 mil estavam dentro de uma bolsa. De acordo com a conversão feita pela polícia, o dinheiro somado corresponde a R$ 1,36 milhão. “Pelo depoimento, ele já fala que o dinheiro tem origem ilícita, mas tem vários níveis de ilícito.Estou investigando se há relação com o tráfico de drogas ou com outras formas. Ele já foi condenado pela Justiça de Minas Gerais por tráfico de entorpecentes”, detalhou o delegado. B.Noticias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário