PÁGINAS

segunda-feira, 24 de março de 2014

Gol tem queda brusca nas vendas, o que não deixa de ser preocupante para a Volkswagem

"Strada fica em segundo no ranking de vendas"
"A grande surpresa do ranking por modelos em fevereiro foi o crescimento da Strada, que ficou em segundo lugar no ranking de vendas, a apenas 625 unidades do Gol, o líder: vendeu 13.454 unidades, contra 14.079 do campeão.
O desempenho não surpreendeu os dirigentes da Fiat, que já esperavam um aumento das vendas após a fábrica atingir a plenitude da produção, o que aconteceu somente no mês passado. A surpresa é a proximidade com o Gol, 
que teve em fevereiro um dos seus piores desempenhos, com queda de 35% em relação a janeiro e em relação a média registrada no ano passado. Não dá pra dizer que o responsável pela queda de vendas do Gol tenha sido o Up; o novo carro pequeno na Volkswagen teve menos de duas semanas de vendas, registrando apenas 2.115 unidades em fevereiro.A procura pela versão três portas da Strada, lançada em outubro, foi responsável pelo grande crescimento de vendas da picape, além, claro, da reestilização de toda a linha, que aconteceu na mesma data. As vendas das versões três portas representaram em fevereiro 46% das vendas.
O bom desempenho da Fiat (foi a única grande que cresceu em fevereiro – veja matéria) garantiu quatro modelos da marca entre os seis mais vendidos: além do Gol em primeiro lugar, o Ônix, da Chevrolet ficou na quinta posição (9.561). O Palio ficou em terceiro, com 13018 unidades, o Uno em quarto, com 10.411 e o Siena em sexto, com 9.327.Por UOL. Título, TvSaj
Por ANTONIO MASCARENHAS
A queda brusca nas vendas do Gol (até então, líder)  em torno de 35% em relação a janeiro é sintomática uma vez que a Volkswagem tem sido a marca que menos tem investido em tecnologia que perpassa, também, pelo investimento em  visual e modelos que satisfaçam as diversas camadas da população.  A Fiat, ao contrário, tem procurado investir bastante no custo benefício e, agora, acaba de lançar o carro mais barato do pais. Pelo "andar da carruagem", logo logo assume a liderança. A Chevrolet modernizou bastante seus carros, oferecendo tecnologia de ponta, tal qual a Ford. A briga tende a ser bastante acirrada. A abertura  às importações propiciou a entrada de veículos com tecnologia de ponta no pais, forçando as marcas nacionais entrarem, literalmente, "na briga" pela fatia de mercado. A Volkswagem, pelo que deduzimos, está dormindo em sono "letárgico". Ou acorda, em tempo hábil, ou será vista pelos retrovisores  da concorrência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário