PÁGINAS

terça-feira, 25 de março de 2014

Funcionários da EBDA cobram cumprimento de acordo com governo e decretam greve

Funcionários da EBDA cobram cumprimento de acordo com governo e decretam greve
Trabalhadores da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) cruzam os braços a partir desta segunda-feira (24), por tempo indeterminado. O órgão público é responsável pela assistência técnica à economia rural e atende atualmente cerca de 400 mil cultivadores em todo o estado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Área Agrícola da Bahia (Sintagri), Décio de Amorim, a categoria pede que o governo cumpra um acordo firmado em 2012, referente ao pagamento de dissídios coletivos de 1997, 1999 e 2003, Juntas, as dívidas somariam cerca de R$ 308 milhões. “Existe uma junta conciliadora no Tribunal [Regional do Trabalho], para resolver a questão. Mas há muito tempo isso vem sendo prorrogado. O governo vem protelando o cumprimento do acordo para nos enrolar. Não nos deixou alternativa a não ser decretar a greve”, explicou o representante. Segundo ele, uma reunião entre os profissionais e o procurador-geral do Estado, Rui Moraes Cruz, no último dia 19 terminou sem a apresentação de qualquer proposta para atender a reivindicação. “Nos pediram mais 60 dias de prazo, mas a categoria não suporta mais. Nossa linha de pensamento é só retomar as atividades depois da exposição de alguma proposta”, divulgou Amorim. B.Noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário