PÁGINAS

domingo, 9 de março de 2014

Com um a menos, Vitória vence Catuense e continua invicto no Campeonato Baiano

Com um a menos, Vitória vence Catuense e continua invicto no Campeonato BaianoO Vitória venceu a Catuense por 3 a 1 na tarde deste domingo (9), em Alagoinhas, pela 15ª rodada do Campeonato Baiano. O time Rubro-Negro jogou com um homem a menos em boa parte do duelo, já que Luiz Gustavo foi expulso aos 35 minutos do primeiro tempo, após dar um pisão no adversário. Os gols do Leão foram marcados por José Welison (duas vezes) e Jonathan Ferrari.
 Com o resultado, o time comandado por Ney Franco chegou aos 16 pontos e garantiu a classificação antecipada à semifinal do Baianão. O Leão volta a campo no próximo domingo (16), contra a Juazeirense, em Pituaçu.
O JOGO
 Vencer e apresentar um bom futebol. Esse foi o mandamento do técnico Ney Franco e a também o que à torcida do Vitória esperava. E assim, o time entrou ligado em campo e abriu o placar logo no primeiro minuto de campo. Marquinhos fez boa jogada, mas a defesa da Catuense bloqueou a passagem e o atacante não conseguiu o chute. No bate-rebate, a bola sobrou para José Welison, que com categoria mandou de chapa para o fundo das redes.O gol precoce não acomodou o Vitória. Aos cinco minutos, Ayrton experimentou de longe, mas a bola foi para fora. Três minutos depois o camisa 2 tentou mais uma vez e desta vez a bola explodiu no travessão.

Aos 10 minutos, a Catuense tentou esboçar uma reação. Rogério Rios fez um cruzamento, mas Wilson afastou o perigo.
 
Mesmo com um gramado irregular, o Vitória trocava passes com facilidade e chegava na área adversária com perigo. Aos 14 minutos, Marquinhos recebeu na entrada da área, avançou, mas mandou para fora.
 
Já o time comandado por Sérgio Odilon encontrava dificuldades para furar o sistema bloqueio Rubro-Negro. A equipe só chegava com perigo em bolas paradas. Aos 29, Rogério Rios cobrou falta e Kleuber cabeceou para o gol, sem chances de defesa para Wilson. Mas o bandeira marcou impedimento, para o desespero dos jogadores da Catuca.
 
Aos 35 minutos, o volante Luiz Gustavo perdeu a cabeça e deu um pisão no defensor da Catuense. O árbitro viu e deu cartão vermelho para o jovem atleta. Com um homem a menos, o Vitória diminuiu o ritmo de jogo e procurou explorar os contra-ataques. Porém, a expulsão serviu para acordar a Catuense, que partiu para cima do Leão. Aos 40, Robert fez tabelinha com Kleuber e ficou cara a cara com Wilson. Mas o arqueiro Rubro-Negro foi mais rápido e conseguiu ficar com a bola.

Mesmo com um homem a menos, o Vitória conseguiu ampliar a vantagem aos 43 minutos. Após cobrança de escanteio, Dinei cabeceou e João Paulo defendeu. Mas Ferrari aproveitou o rebote e marcou o segundo gol Rubro-Negro na partida.Segundo tempo
 
Mesmo com dez jogadores em campo, o Vitória não abriu mão da sua postura ofensiva e iniciou a segunda etapa pressionando. Aos três minutos, Dinei recebeu belo passe e chutou de primeira, mas a bola  passou do lado direito da meta de João Paulo.
 
Aos quatro, o Rubro-Negro quase ampliou. José Welison mandou uma bomba de fora da área e João Paulo fez uma bela defesa. No rebote, Dinei mandou de cabeça e o arqueiro da Catuca mais uma vez defendeu e evitou o terceiro gol do Leão.
 
E só dava o Vitória. Aos sete, Cáceres fez boa jogada pela esquerda e cruzou para a área. José Welison cabeceou, mas sem ângulo, mandou para fora.
 
A Catuense só respondeu o bombardeio do Vitória aos 11 minutos. Rogério Rios cruzou, Kleuber pegou de primeira, mas Wilson salvou e mandou para escanteio.
 
Ney Franco queria o terceiro gol e deixou o time mais ofensivo, mesmo com um homem a menos. Aos 15, ele tirou Cáceres e colocou o atacante William Henrique. E deu certo. Três minutos depois da substituição, o “Pica Pau” fez boa jogada e deu um belo passe para José Welison. O volante driblou o marcador e com muita tranquilidade arriscou um chute no canto direito de João Paulo e saiu para comemorar o terceiro gol Rubro-Negro na partida e o segundo seu no duelo.

Após o terceiro gol, a partida ficou morna e as duas equipes se limitavam a trocar passes na intermediária. A Catuca só acordou aos 36. Kleuber chegou pela direita, passou por Ferrari, mandou um canudo para o gol e diminuiu a vantagem. No entanto, era tarde demais para uma reação e o duelo terminou 3 a 1 para o Vitória.FICHA TÉCNICA
Catuense1 x 3 Vitória
Campeonato Baiano – 15ª rodada
Local: Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas
Data: 09/03/2014
Horário: 16h
Árbitro: Marielson Alves da Silva 
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e José Carlos Oliveira dos Santos. 
Gols:  Kleuber (Catuense) ;José Welison e Jonathan Ferrari (Vitória)
Cartões amarelo: Anderson Silva (Catuense)
Cartão vermelho: Luiz Gustavo (Vitória)

Catuense: João Paulo; Rogério Rios, Anderson Silva, Anderson e Diego Prates; Fausto, Mica (Gil), Netinho (Deivid) e Nem (Marcos Neves); Kleuber e Robert .  Técnico: Sérgio Odilon.
 
Vitória:  Wilson; Ayrton, Rodrigo Defendi, Jonathan Ferrari e Juan; Luiz Gustavo, Marcelo (Mauri), José Wellison e Cáceres (William Henrique); Marquinhos e Dinei (Alan Pinheiro).Técnico: Ney Franco.Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário