PÁGINAS

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

DILMA anuncia baixa nos preços de combustíveis em todo o país

Por ANTONIO MASCARENHAS

Essa, com certeza, "deveria" ser a manchete a ser estampada nos meios de comunicações em todo o país se houvesse consonância entre a produtividade de petróleo, através da Petrobras, e a tão esperada  redução de preços dos combustíveis, preconizada pelo aumento da oferta do “ouro negro”, a partir, principalmente, da alta performance na extração a partir do  pré-sal, nas bacias de Santos e Campos que, no momento, atinge a marca histórica de 407 mil barris/dia. 

De acordo com informações divulgadas pela Petrobras, há uma expectativa para que, entre 2015 e 2016 outras oito novas plataformas estejam em operação no pré-sal na Bacia de campos, permitindo, assim, que a empresa supere um milhão de barris por dia. 

BAIXA DE PREÇOS COMBUSTÍVEIS

Por outro lado, diante de tanta produtividade, seria de bom alvitre que os preços dos combustíveis, desde já fossem reduzidos em todo o país porque, cá entre nós, os valores atribuídos à comercialização de gasolina, diesel e outros derivados do petróleo já são bastante elevados. Graças a esses preços escorchantes é que os fretes são aumentados. E as empresas, naturalmente, inserem em seus custos, os valores pagos para os transportes de produtos adquiridos à comercialização. Daí os altos preços  de alimentos, materiais de construção, eletrodomésticos, medicamentos, enfim, de uma série de produtos que, com preços "reajustados" fomentam o "dragão" da impiedosa inflação em todo o pais.
Portanto, está na hora de Dilma "fazer uma gracinha", dividindo esses polpudos lucros auferidos com a população, através da redução dos preços dos combustíveis. Com certeza, a sociedade ficará gratificada. Por que países que detém menor potencial produtivo comercializam combustíveis a preços módicos, enquanto que, no Brasil, os preços estão nas alturas? Em Santo Antonio de Jesus, por exemplo, a gasolina vem sendo comercializada, em alguns postos, a R$ 3,09."Pelas barbas do profeta"
Veja a matéria em LEIA MAIS
"Produção de petróleo no pré-sal bate novo recorde, diz Petrobras
A Petrobras informou nesta terça-feira (25) que a produção de petróleo no pré-sal, nas bacias de Santos e de Campos, chegou a 407 mil barris por dia. Com isso, a companhia diz ter alcançado um novo recorde.
"Essa produção foi alcançada oito ano após a primeira descoberta, ocorrida em 2006, tempo inferior ao que foi necessário para se chegar ao mesmo patamar em outras importantes áreas de produção marítima no mundo", diz a companhia, em informe publicado na edição desta terça-feira do jornal "O Globo".
A empresa atribui esse resultado alcançado à entrada em operação de um novo poço em fevereiro, no campo de Sapinhoá, em São Paulo. "A marca de 407 mil foi alcançada com a contribuição de somente 21 poços produtores. Isso evidencia a elevada produtividade dos campos já descobertos na camada pré-sal", afirma. 
Entre 2015 e 2016, a Petrobras informa que outras oito novas plataformas entrarão em operação para a produção do pré-sal na Bacia de Santos, permitindo que a produção de petróleo da empresa supere 1 milhão de barris por dia. Fotos divulgação Google.
O balanço da empresa relativo ao ano de 2013 será conhecido nesta terça-feira, após o fechamento dos mercados."G1Inserção de fotos divulgação Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário