PÁGINAS

sábado, 18 de janeiro de 2014

YURI PITHON recebeu "bênçãos" na colina sagrada, ao lado de personalidades


Por ANTONIO MASCARENHAS

Nada melhor do que iniciar o ano com as bênçãos emanadas de todas as crenças que, na "colina sagrada" afloram a partir daqueles que compareceram para prestigiar a tradicional "lavagem do Bonfim", na última quarta-feira, em Salvador. E o empresário, músico e ambientalista Yuri Piton foi um dos poucos que, dentre a plêiade de personalidades que abrilhantaram o evento, sentiu escorrer por suas faces, a água benta despejada por uma das baianas que, envoltas em suas indumentárias, aguçaram o sagrado em meio ao profano que também reveste essa festividade. 
Felicíssimo por contribuir para a postergação dessa tradição que atravessa gerações, Yuri Pithon, acompanhado de personalidades de sua agremiação política, a Rede, e de outras siglas partidárias, a exemplo de Lídice da Mata (Senadora do PSB e eventual candidata ao governo da Bahia). Yuri, em que pese sua militância político-ideológica, jamais arvorou-se em candidatura político-partidária. Fiel aos seus princípios éticos, sempre militou ao lado da oposição. Não que isso signifique sectarismo ideológico. Longe disso. Tal postura brota da filosofia de estar sempre lutando em prol das"minorias". 
Além do labor do dia a dia a frente de suas atividades empresariais, sempre encontra tempo para participar de reuniões, seminários, conferências em diversos municípios da Bahia e de outras unidades da federação na hercúlia luta de cunho ambiental, para a preservação de nossos recursos hídricos. Como se vê, é um empresário que se distingue entre todos do município de Santo Antonio de Jesus e região por esse olhar diferenciado: muito mais do que auferir ganhos pecuniários, naturais em todas as atividades laborativas, ele, despojado, preocupa-se com o futuro de nossas gerações por algo que, a cada dia, vem sendo depauperado: nossos mananciais hídricos. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário