PÁGINAS

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Em crise, Maranhão suspende compra de lagostas, mas mantém whisky e vinhos

Em crise, Maranhão suspende compra de lagostas, mas mantém whisky e vinhos
No mesmo dia em que cancelou duas licitações para compra de 80 quilos de lagosta e 800 de camarão fresco, entre outros gêneros alimentícios de dar água na boca, o governo do Maranhão, que amarga uma crise penitenciária desde dezembro de 2013 com 13 mortes no Complexo de Pedrinhas, manteve concorrência para a contratação de uma empresa fornecedora de whisky escocês 12 anos, vinhos de cinco países e champanhe dos tipos brut, brut-sec e demisec, todos de “primeira qualidade”, segundo o edital. A disputa, no modelo pregão, em que vencerá a empresa que apresentar o menor preço, está marcada para o próximo dia 17. O grupo selecionado ficará responsável pela organização de eventos de interesse da Casa Civil em todo o estado. Com os pequenos luxos, a administração maranhense, liderada por Roseana Sarney (PMDB), filha do ex-presidente do Senado, José Sarney, estima gasto de R$ 1.392.549,60.B.Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário