PÁGINAS

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Bahia criou 51 mil postos de trabalho em 2013

 Bahia criou 51 mil postos de trabalho em 2013
No acumulado do ano de 2013, a Bahia apresentou um saldo de emprego da ordem de 51.270 novos postos de trabalho, o que inclui as informações declaradas fora do prazo. O resultado consolida o estado na liderança do ranking no Nordeste. Em segundo lugar, está o Ceará (+50.206), seguido por Pernambuco (+28.062), Maranhão (+14.908), Paraíba (+14.785), Sergipe (+13.634), Piauí (+11.551), Rio Grande do Norte (+10.384). Alagoas (-1.484) foi o único da região que registrou saldo negativo no acumulado do ano de 2013. De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento, de janeiro a dezembro de 2013, dos oito setores de atividade, sete registram saldos positivos na Bahia: Serviços (+18.903), Construção Civil (+15.565), Comércio (+12.087), Indústria da Transformação (+2.933), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.192), Administração Publica (+669), Extrativa Mineral (+198). O único setor que fechou o ano com saldo negativo foi o de Agropecuária, Extrativa Vegetal, Caça e Pesca (-277 postos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário