PÁGINAS

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Aposta da Mega da Virada sai para bolão de colegas de hospital na BA

Vinte e dois funcionários do Hospital Municipal Waldemar Ferreira, de Teofilândia, a 194 km de Salvador, devem dividir o prêmio de uma das apostas ganhadoras da Mega-Sena da Virada,sorteada na terça-feira (31). Um deles é vereador do município, que também trabalha como motorista de ambulância no hospital. Em entrevista ao G1 nesta quarta-feira (1º), ele contou a história do bolão de sorte organizado pelos trabalhadores, mas prefere não revelar o nome por questões de segurança.
De acordo com o vereador, os 22 trabalhadores que decidiram participar da "brincadeira" entre colegas têm agora a tarefa de ratear a quantia de aproximadamente R$ 56 milhões dos R$ 224.677.860,07 totais do prêmio especial da virada de ano. Outras três apostas foram contempladas na Mega-Sena da Virada: Curitiba (PR), Palotina (PR) e Maceió (AL). No Paraná,um bolão oficial da Caixa Econômnica Federal foi contemplado. As dezenas sorteadas foram 20 - 30 - 36 - 38 - 47- 53.

As apostas do bolão "informal" do Hospital Municipal, segundo conta o vereador, foram feitas na lotérica Rubi, única de Teofilândia. "O jogo premiado foi feito pela máquina [da lotérica]. Porque a quantidade de dinheiro que a gente arrecadou era maior do que a quantidade de apostas dos bilhetes marcados", diz o novo milionário da cidade, que tem 22.873 de habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O vereador afirma que não pretende se mudar da cidade e que apenas planeja uma viagem para logo depois que retirar o prêmio. O cargo de vereador ele garante que levará até o final do mandato, o primeiro dele.

Ele explica que dos 22 colegas apostadores do bolão, quatro pagaram R$ 10 e devem ficar com R$ 4,3 milhões cada; e os outros 18, inclusive ele, contribuíram com R$ 5 e ficarão com R$ 2,160 milhões, aproximadamente.

"Quando eu soube que ganhei, agi com muita naturalidade. Estou muito tranquilo. São muitas
pessoas de lá [do hospital] que ganharam. Tem enfermeira, técnica de enfermagem, motorista de ambulância como eu, o pessoal da higienização do hospital, da cozinha", afirma. "Estava na casa de minha irmã quando aconteceu o sorteio e nem estava esperando para conferir os números. Depois soube que um dos ganhadores era de Teofilândia e só aí despertou a curiosidade, mas não estava acreditando que tivesse ganhado", revela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário