PÁGINAS

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Mulher de 84 anos carrega feto calcificado há mais de 40 anos

Hospital em Bogotá onde a senhora deu entrada (Foto: Reprodução/Google)
A imprensa colombiana noticiou o caso de uma senhora de 84 anos que foi a um hospital de Bogotá se queixando de dores de cabeça e diarreia e, após alguns exames, descobriu-se que ela tinha em seu abdômen um feto calficicado de 32 semanas de gestação
.Os médicos disseram que o feto estava em seu corpo há mais de 40 anos. Os médicos avaliaram, seguno o site do diário “El Tiempo”, que tanto retirar o corpo estranho, como deixá-lo onde está representa riscos. A família da senhora, ciente do problema, optou por autorizar a cirurgia para remoção. A mulher sofre de demência associada à idade avançada.
Esse tipo de fenômeno, chamado litopédio, acontece quando o bebê começa a ser gerado fora do útero (nas trompas, por exemplo) e morre, sem que a mulher se dê conta de que está grávida, mas é grande demais para ser naturalmente expulso. Então, como uma forma de proteção, o feto vai ganhando uma capa de cálcio e, após vários anos, acaba totalmente “petrificado”.Hospital em Bogotá onde a senhora deu entrada. Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário