PÁGINAS

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Módulo Policial da Maria Preta virou "fumódromo" e a população pede providências conjuntas por parte do 14o. BPM e Prefeitura, em S.A.JESUS

Por ANTONIO MASCARENHAS
Relegado ao descaso já há alguns anos, o módulo policial do Bairro da "Maria Preta", em Santo Antonio de Jesus, que, a princípio, tinha a finalidade precípua de abrigar policiais que, em regime de plantões, proporcionariam segurança aos transeuntes do local, infelizmente, hoje, vem servindo de "ponto de consumo de drogas" e, até, de "esconderijo de marginais " que se aproveitam para promover assaltos aos desavisados e, até mesmo, aos que desafiam trafegar pelo local, principalmente, à noite. 
Desativado há um tempo considerável, o módulo não vem tendo, repetimos, a finalidade pretendida. Longe disso. Vários pleitos foram feitos por parte da comunidade e da associação comunitária do Bairro, tanto ao poder executivo como ao 14o. BPM, sem sucesso, desde gestões anteriores. O Batalhão sempre alegou falta de contingente policial, mesmo porque, segundo os comandantes, um serviço dessa magnitude requer um número considerável de policiais, uma vez que se faz necessária  escala com revezamento de prepostos. O ex-comandante, Ten. Cel Oriosvaldo afirmava que, caso fosse feita uma reforma no módulo em epígrafe, poderia, até, colocar policiais para dar assistência ao local. 
O novo comandante, Ten. Cel Luziel, vem enfrentando o mesmo dilema e, naturalmente, para colocar policiais, terá que ter à disposição um local que ofereça condições mínimas de conforto aos policiais. Esperamos que a administração Humberto Leite, a partir de janeiro, possa ver o que pode fazer para reativar o módulo ou retirá-lo. Do jeito em que está é que não poderá ficar. Além da insegurança, o estado de abandono do equipamento, sem sombra de dúvidas, "passa" uma imagem desagradável aos munícipes e aos visitantes, não apenas pela pela agressão ao paisagismo mas, também, pela ociosidade que transmite. Moradores, nada satisfeitos, solicitaram nossa intervenção, em nome do exercício de cidadania. Torcemos para que uma solução possa ser encontrada. TvSaj (www.tvsaj.com)/Jornal Gazzeta. Fotos Antonio Mascarenhas
 style="width:400px;font-family:arial,sans-serif;font-size:13px;">
Visualizar todas

Nenhum comentário:

Postar um comentário