sábado, 14 de dezembro de 2013

BREJÕES: APLB e Secretaria de Educação realizaram oficina para revisão do "Plano de Cargos e Salários" do magistério municipal

Por ANTONIO MASCARENHAS
A Igreja Batista Renovada foi o local escolhido pela Secretaria de Educação do município de Brejões, comandada pela profa. Paloma de Campos Silva, titular da pasta e primeira dama do município, para que fosse promovida uma oficina, comandada pela profa. Dilma Santana (Coordenadora Regional da APLB Sindicato), tendo por escopo discutir, com professores e demais profissionais do magistério público municipal, a proposta de revisão do "Plano de Cargos e Salários" da categoria. 
Os trabalhos foram iniciados com os agradecimentos, por parte da  Secretária, no tocante à maciça de profissionais da educação e à representação da APLB, num evento de extrema importância para o segmento. Na oportunidade, a titular da pasta enfatizou que é uma das premissas da atual administração  atender, dentro do possível, os anseios dos profissionais do magistério municipal. Logo em seguida, utilizando-se de recursos audiovisuais, Dilma Santana fez uma ampla explanação acerca dos direitos de todos os profissionais da área, no intuito de buscar melhores condições de trabalho e valorização, bem como os deveres para com às atribuições inerentes ao desenvolvimento de um trabalho que possa, cada vez mais, contribuir para a melhoria da qualidade da educação, fundamental para que o município possa estar sempre bem colocado nos índices educacionais. 
A APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia) é uma entidade representativa que tem por escopo defender interesses dos profissionais de ensino nessa unidade da Federação e realiza esse trabalho com esmero, travando "queda-de-braços" nas esferas estadual e municipal. Particularmente, com relação a Brejões, a relação, pelo que tivemos conhecimento, é bastante positiva, não apenas em face do reconhecimento dos esforços da administração Alan Andrade (PT).Gilvando, notadamente na área de Educação capitaneada por Paloma mas, também, pelo respeito para com a classe representada. É natural que a busca de melhores condições seja contínua e essa é a função do Sindicato.
Logo após leitura do atual "Plano de Cargos e Salários", foram acolhidas propostas dos participantes, a serem inseridas na no projeto de alteração  a ser encaminhado à apreciação por parte do legislativo municipal e posterior encaminhamento ao executivo municipal para chancela,  no todo ou em partes, por parte do executivo. .É sempre de bom alvitre esclarecer que nem todas as reivindicações são normalmente aceitas, principalmente, as que objetivam aumentar dispêndios. Gestores municipais se queixam de grandes dispêndios para com a folha de pessoal, em todas as áreas.Por outro lado, temos plena convicção, dentro do possível, a Câmara de Vereadores acatará as reivindicações e o poder público municipal de Brejões chancelará tais pleitos. Fotos Júlio Mascarenhas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário