PÁGINAS

sábado, 2 de novembro de 2013

UFBA promoveu entrega de medalhas e prêmios aos alunos aprovados nas Olimpíadas de Química, na Bahia

Por ANTONIO MASCARENHAS
Alunos das redes pública e privada, aprovados com destaque nas "Olimpíadas de Química" receberam, na noite dessa quinta-feira, 31, no auditório da UFBA, em Salvador, medalhas, certificados e prêmios por conta de brilhantes participações nesse evento que acontece em todo o país e que tem por escopo incentivar alunos que, graças aos desempenhos demonstrado em salas de aula, foram aprovados.
O evento, que contou com a participação, mais uma vez, de  Sérgio Melo, Coordenador Nacional das Olimpíadas de química, foi abrilhantado com as a de Dr. Lafaiete Almeida Cardoso (Coordenador das Olimpíada Baiana de Química), Dor leal Rosa (Reitora da UFBA), Luiz Rogério (Vice-reitor), Hélio Pimentel (Coordenador do Curso de Química na UFBA), Antonio Carlos Scardino (Fundação CEFET), Josênia  Amaral, Secretária Executiva do Instituto de Química, dentre outras personalidades que compuseram  a mesa.
Logos após os agradecimentos, em que todos enfatizaram a importância das olimpíadas, foi feita uma apresentação audiovisual por parte de Dr. Lafaiete Almeida que, utilizando-se de dados estatísticos, mostrou, através dos diversos gráficos,  informações inerentes ao aumento do número de escolas participantes no Estado da Bahia, bem como a performance de alunos da das redes pública e privada, evidenciando que, em que pese ter participado com maior número de atletas a rede publica não obteve o mesmo índice de aprovação dos alunos da rede privada. 
Por outro lado, acredita, graças aos esforços governamentais e todo um processo de conscientização,  é possível  buscar paridade, além de qualitativa,  quantitativa nessa participação.
Terminados os pronunciamentos, foi iniciada a entrega das medalhas aos alunos que se destacaram com menção honrosa, medalhas de bronze, ouro, bem como entrega de certificados. Os alunos que obtiveram primeiro lugar nas suas categorias (1º. 2º. e 3º. anos) foram agraciados com notebooks.

O evento, organizado pela Associação Brasileira de Química, UFBA foi possível graças as seguintes parcerias: CNPq, Fapesb, e governo do Estado da Bahia, FIEB, Comitê de Fomento. Dentre os colégios que tiveram maior participação de alunos nas premiações, o Colégio Santo Antonio da cidade de Santo Antonio de Jesus-BA que vem participando por anos seguidos dessa competição de Química e, sempre, com a classificação de vários alunos, em cada edição, numa demonstração inequívoca, da visão de uma Diretoria que, de fato, procura fazer diferente. Fotos, Antonio Mascarenhas (www.tvsaj.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário