sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Lutador de MMA morre antes de combate; fisiologista diz que faltam regras no esporte

O caso da morte do lutador de MMA, Leandro Caetano de Souza, conhecido como "Feijão", nesta quinta-feira (26) abre uma polêmica sobre as exigências da competição e a saúde, e mesmo a vida, dos atletas. Feijão, que lutaria contra Gabriel Brasil, nesta sexta (27), faleceu pouco antes da pesagem oficial. Ele teria ido para uma sauna quente, na intenção de perder liquido, o que acabaria na diminuição do peso, no enfraquecimento do atleta, no desmaio e no óbito. Leandro Caetano foi levado para o hospital, mas não havia nada a fazer. Segundo o fisiologista Alexandre Dortas, preparador do lutador Júnior Cigano, o caso deve ser visto com preocupação por quem dirige esses eventos. “Isso que aconteceu foi extremamente lamentável. Um absurdo. É necessário que se criem regras para que os atletas não precisem se sacrificar tanto. Eu já vi atletas perderem 12 quilos em uma semana”, protestou o também professor universitário em contato com o Bahia Notícias. por Francis Juliano

Nenhum comentário:

Postar um comentário