domingo, 29 de setembro de 2013

Em jogo equilibrado, Bahia empata sem gols com o Vasco na Arena Fonte Nova

Em tarde de bom público na Arena Fonte Nova, Bahia e Vasco fizeram uma partida muito equilibrada e empataram sem gols neste domingo, em partida válida pela 24º rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.
Com este resultado, a equipe tricolor chegou aos 32 pontos e permaneceu na 10º posição na tabela de classificação. Na próxima quarta-feira, o time comandado por Cristóvão Borges vai encarar o Corinthians, às 21h50, em Mogi Mirim. 
Vasco pressiona e cria chances
Pressionado pelo momento negativo na temporada, o Vasco criou a primeira chance do jogo logo aos quatro minutos. Após vacilo da defesa tricolor, a bola sobrou para Edmilson, que chutou na saída de Marcelo Lomba, mas errando o alvo.
Aos dez os cariocas assustaram novamente, e em grande estilo. Hélder falhou no contra-ataque, Darkson roubou a bola e bateu do meio de campo, obrigando Lomba a fazer uma linda defesa, salvando o que seria um gol de placar na Arena Fonte Nova.
Sem espaços, o tricolor só teve a primeira oportunidade aos 21. Marquinhos Gabriel cobrou falta da intermediária na cabeça de Fernandão, que testou fraco, facilitando a vida do goleiro vascaíno Diogo Silva.
Melhor taticamente, o time visitante ficou perto de tirar o zero do marcador, mais uma vez, aos 40. Pedro Ken puxou contra-ataque na esquerda, entrou na área e tocou para Juninho Pernambucano, que não alcançou, desperdiçando uma ótima chance.
E antes de terminar o duelo, o Vasco teve a última oportunidade de fazer a festa do seu torcedor. Marlone partiu com tudo pela direita e cruzou para Pedro Ken, mas nas costas do jogador, que não conseguiu se recuperar na jogada.
Equilíbrio marca segundo tempo na Arena Fonte Nova
O Bahia resolveu acordar no segundo tempo e, com a entrada de Wallyson no lugar de Madson, nos vestiários, a equipe mandante ficou bastante ofensiva. E aos cinco mostrou essa evolução. Raul chegou com velocidade pela esquerda e cruzou na área. Diogo Silva tirou e deixou nos pés de Barbio, que não conseguiu finalizar.
Três minutos depois foi a vez de Wallyson desperdiçar uma boa oportunidade. O jogador tricolor recebeu passe dentro da área e chutou rasteiro, nas mãos do goleiro carioca Diogo Silva.
A partir daí o confronto ficou bastante disputado, principalmente no meio de campo. O tricolor, tentando furar o bloqueio alvinegro, passou a explorar a velocidade de Barbio e Wallyson. Já os visitantes permaneceram se defendendo muito e saindo em contra-ataques.
E por conta desta dificuldade das duas equipes em chegar ao ataque, a única forma de surpreender era em lances de bolas paradas. Em um dessas jogadas, o alvinegro foi perigoso. Aos 26, Fagner cobrou falta da esquerda, obrigando Lomba a salvar.
Três minutos depois, André entrou na área com tudo e tocou para o gol na saída de Lomba, mas Lucas Fonseca tirou. No detalhe do lance, Willie, que havia entrado há pouco tempo, estava entrando sozinho e reclamou bastante do companheiro.
Mas antes do apito final do árbitro, o tricolor jogou fora sua chance de garantir os três pontos. Fernandão recebeu passe de Wallyson, tentou driblar Cris e bateu por cima do gol de Diogo Silva.
O Vasco respondeu aos 44. Willie cruzou para Edmilson, que na cara de Lomba, chutou em cima do goleiro tricolor.
FICHA TÉCNICA
Série A
Bahia 0 x 0 Vasco
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 29/09/2013
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP).
Cartões amarelos: Lucas Fonseca e Wallyson (Bahia) / Yotún, Fagner e Fillipe Soutto (Vasco)
Bahia: Marcelo Lomba; Madson (Wallyson), Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Fabrício Lusa, Hélder e Marquinhos (Diones); William Barbio (Wangler) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.
Vasco: Diogo Silva; Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Pedro Ken, Fillipe Soutto, Juninho Pernambucano (André) e Dakson (Jhon Cley); Marlone (Willie) e Edmilson. Técnico: Dorival Jr.Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notíciaspor Maurício Naiberg. Foto Max Haack. Bahia Noticias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário