quinta-feira, 27 de junho de 2013

Prefeito Humberto Leite elenca acertos, todavia não sai pela tangente ao enfocar erros no melhor no 2o. melhor São João do Brasil

Por ANTONIO MASCARENHAS
Vídeo 1.4
Vídeo 2.4

Vídeo 3.4

Dr. HUMBERTO SOARES LEITE, prefeito municipal de Santo Antonio de Jesus, em entrevista coletiva, concedida na manhã dessa quinta-feira, 27, à imprensa local. O chefe do executivo apresentou dados de pesquisa efetuada pela Ouvidoria no que concerne ao índice de satisfação dos munícipes e visitantes. Regozijado diante do fato do município ter sido agraciado com o título de detentor do melhor São João da Bahia e o segundo do Brasil, não se furtou, porém, em antecipar aos questionamentos a serem formulados pelos repórteres, ao apontar erros cometidos, principalmente, por parte da produtora do evento comandada pelo Sr. Roberto Santana que, de forma acintosa, maltratou a imprensa local  e que tanto tem contribuído para o exercício da cidadania. Assim que soube da situação o prefeito ordenou que mudanças fossem processadas. E foram. Só que, para alguns órgãos de imprensa seria necessário que algumas providências logístico-operacionais sejam efetivadas com antecedência. 
Percebendo (com antecedência) o descaso por parte da empresa organizadora (PWR), a TVSAJ e o Jornal Gazzeta do Recôncavo  procuraram cobrir o São João de Salinas da Margarida, Conceição do Almeida, Sapeaçu, Nazaré, Aratuipe, Jaguaripe, cidades onde foram muito bem recebidos. 
A imprensa é, inexoravelmente, o "olho da administração".  E são as informações e opiniões explicitadas que balizam a atuação dos gestores, possibilitando, assim, mudanças de rumo, de forma tempestiva.  Referindo-se ao sucesso do evento e a pretensão de galgar novo degrau no conceito nacional, o prefeito Humberto Leite foi enfático ao dizer que  " a propaganda é a alma do negócio". Ou seja, se quisermos alcançar o patamar de melhor São João do país, temos que divulgar nossos atributos.
Mas, até lá, convenhamos, em que pese esse objetivo, de mãos dada,precisamos lutar,  seja por melhor infraestrutura, seja por geração de emprego e renda. Existem problemas "históricos" e que precisam ser resolvidos a curto e médio prazos. Os municípios da região estão procurando se fortalecer com preparação de mão-de-obra qualificada para atender à demanda do Estaleiro do Paraguaçu.
A Ponte Salvador-Ilha de Itaparica, com certeza, abrirá um corredor desenvolvimentista e os jovens santantonienses têm que se preparar para essa alavancada. Festa é sempre bom, mesmo porque o ser humano precisa dosar-se entre razão e emoção, por outro lado, precisamos de uma população com segurança, saúde, educação, transporte de qualidade. Ciente disso, o chefe do executivo promete arregaçar as mangas com sua equipe de governo, nesse sentido.  Cabe a todos nós,cidadãos, ajudar a administração municipal, não só para a realização das festas mas, sobretudo, na incessante busca do desenvolvimento socioeconômico e social.  Critiquemos a administração municipal quando ações ensejarem tais posicionamentos, por outro lado, não nos furtemos a elogiá-la quando dos acertos.   O chefe do executivo demonstra que gosta de críticas, desde que não sejam pejorativas. E isso é bom para a democracia  e o exercício de cidadania. Matéria conjunta TVSAJ/Jornal Gazzeta. Imagens, fotos, edição: Antonio Mascarenhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário