terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Após ser presa, "Irmã Zuleide" ironiza detenção nas redes sociais


O criador da página “Irmã Zuleide” em redes sociais foi preso último domingo (27) em Santos, São Paulo, após ser denunciado por constrangimento, injúria e difamação. O DJ Álvaro Oliveira Rodrigues, de 30 anos, foi até a delegacia, onde, segundo o G1 Santos, assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida. Na página, Álvaro usa, sem autorização, a foto de uma professora de Campinas para ilustrar a personagem no Facebook e Twitter.


Não satisfeito com a prisão, solto, Álvaro usou o perfil para ironizar a própria detenção contando a experiência de Irmã Zuleide na cadeia. Ele postou: "Jovens tem (sic) comida grátis aqui na cadeia, vou encher o buxo (sic)! Ôh, Glória!!" e "O irmão Teobaldo chegou na delegacia com um abre os corpos e fui libertada, só Jesus na causa".

O autor da página disse que não encerrar as atividades do perfil. "Não vou abandonar o que eu amo, não vou abandonar os que faço feliz. Não vou abrir mão de cada sorriso, de cada mensagem. Não deixar de alegrar diariamente cada um de você (sic). Às vezes as coisas acontecem, mesmo quando não temos intenções negativas, coisas da vida, segredos de Deus. Beijos de luz aos que estão comigo, e obrigada sempre pelo carinho", disse em um recado para mais de 2,1 milhões de seguidores.

FONTE: Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário