sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Amargosa e Brejões sofrem com a paulatina redução dos mananciais hídricos

Ponte destruída, em Amargosa, serve de referência à drástica redução
 Por ANTONIO MASCARENHAS
Condições climáticas têm sido determinantes para a paulatina redução de nossos mananciais hídricos, principalmente em municípios do norte e nordeste e não é diferente na Bahia, especialmente, em Amargosa/Brejões. Sintomática a situação em que se encontram alguns dos rios e riachos que ainda resistem nesses municípios. As fotos realçam um pouco da drástica redução do volume de água que cortam comunidades desses municípios.
Desmatamento, extinção irresponsável de matas ciliares são alguns dos fatores que contribuem para a redução do volume de água e, até, a extinção de rios e riachos, numa demonstração de que a natureza dá respostas. 
Bueiros, em Brejões, também mostram redução de volume dágua
O secretário de Agricultura de Brejões, Dedéu (governo Alan Andrade, PT) vem realizando palestras  e seminários com a participação de produtores rurais buscando, com isso, conscientizá-los a respeito da necessidade de preservação dos arbustos “ciliares”. A nova prefeita de Amargosa, Karina Silva (PSB), segundo informações, também deverá     investir bastante nessa questão de preservação dos mananciais resistentes  no município. A educação é, portanto, a válvula de escape para que, através de todo um processo de conscientização, conquistas sejam auferidas. Fotos Antonio Mascarenhas (TvSaj)

Nenhum comentário:

Postar um comentário