sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Baiana fica em 2º na São Silvestre e Marilson vence no masculino

A baiana radicada em São Paulo, Simone Alves da Silva ficou com a segunda colocação na prova feminina da Corrida de São Silvestre, realizada nesta sexta-feira (31), nas ruas de São Paulo.  A vitória foi da queniana Alice Timbilili, que depois deconquistar o título em 2007 e ficar fora da prova nos últimos anos, a queniana retornou em grande estilo à competição que encerra o ano do atletismo mundial. Vestindo camiseta vermelha, short azul, tênis brancos, a queniana colocou em prática um ritmo invejável, sem dar chances às concorrentes e ainda quebrando o recorde da prova, fechando percurso em 50m19s42.  A baiana Simone Alves chegou a pressionar um pouco a queniana no fim da prova, mas não conseguiu superá-la.  entender que poderia chegar, mas a queniana manteve o ritmo e venceu a prova com tranquilidade.
 Marilson conquista o tri
 Na prova masculina, após quatro anos de hegemonia queniana, o brasileiro Marilson Gomes dos Santos faturou a prova e de quebra se tornou o maior brasileiro da história da São Silvestre.Marilson, que já tinha vencido em 2003 e 2005, completou a prova desta sexta em 44m03s52, seguido pelos quenianos Barnabas Kosgei (44m49s08) e James Kwambai (45m15s51). O brasileiro Giovani dos Santos terminou em 45m34s01.Agora o Brasil tem 11 títulos da São Silvestre, contra 12 do Quênia, que mantém a ponta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário