quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Atividades físicas combatem a obesidade

Um estudo brasileiro realizado com roedores revelou mais um bom motivo para que obesos pratiquem exercícios físicos. Além de queimar calorias, a atividade reduz a vontade de comer. Isso acontece porque os exercícios recuperam o funcionamento dos hormônios insulina e leptina, essenciais para a sensação de barriga cheia após uma refeição. O excessivo consumo de alimentos, aliado à falta de atividades físicas, desencadeia uma forma invisível de inflamação, mas cujos mecanismos são parecidos com os de uma inflamação normal. Cientistas da Unicamp investigaram como o exercício afetaria essa inflamação ligada à obesidade. Os pesquisadores descobriram que ratos obesos passaram a comer nos mesmos níveis que seus colegas esbeltos após nadarem algumas horas em uma piscina. A queda no apetite foi diretamente ligada à maior resposta do hipotálamo a doses de insulina e leptina dadas pelos cientistas aos bichos. Outro aaspetco também muito importante, é a musculação, hoje considerada tão importante quanto os exercícios cardiovasculares e os de flexibilidade, além de ser essencial para quem pensa em ganhar força e ter melhor qualidade de vida no futuro. Ao contrário do que muitos pensam, a musculação é um fator de grande importância no processo do emagrecimento, pois quanto mais massa magra nosso corpo adquire, maior será o número de calorias queimadas, devido a maior atividade do metabolismo. Inicie o seu treino de musculação com frequência de três vezes por semana, podendo aumentar para no máximo cinco. (Informações do Yahoo/Notícias).NatanaelLuis25.

Nenhum comentário:

Postar um comentário